Caseiro que matou criança em Tibau é condenado a 32 anos de prisão



O réu confesso do assassinato da garota Cintia Liva, que na época do assassinato tinha 12 anos, o caseiro Poliano Cantarelle Fernandes Lacerda, 38 anos, foi condenado pelo Tribunal do Júri Popular de Areia Branca a 32 anos prisão em regime fechado. O julgamento do caseiro foi realizado na última terça-feira, 12, e movimentou o município vizinho.

O crime aconteceu no dia 21 de julho do ano de 2012 no município de Tibau. Consta nos autos do processo que ele jogou o corpo da menina dentro de um cacimbão de uma residência na Praia das Emanoelas, onde ele trabalhava como caseiro, após Cintia se negar a manter relação sexual com ele.

Poliano Cantarelle está preso na Cadeia Pública de Mossoró desde julho de 2012, quando foi capturado pela polícia, após tentativa de fuga em um táxi.

O julgamento durou cerca de 11 horas. Os trabalhos deram início às 10h e foram finalizados por volta das 21h.


Fonte: De Fato
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

1 comentários:

Clique aqui para comentários
Anônimo
Administrador
14 de maio de 2015 08:54 ×

Era pra passar esse monstro na forrageira. Também não era pra ter qualquer regalia nem regressão de pena, afinal de contas esse FDP matou uma criança indefesa. Faz isso nos EUA

Anônimo
Responder
avatar

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário