PM prende suspeitos de executar três pessoas em cidade do RN

Vítimas foram executadas dentro de suas neste domingo (3) em Tangará.
Polícia Militar prendeu quatro homens e duas mulheres pelo crime.

A Polícia Militar prendeu quatro homens e duas mulheres suspeitos da execução de três pessoas na madrugada deste domingo (3) na cidade de Tangará, na região Agreste do Rio Grande do Norte. As prisões aconteceram durante a tarde, segundo informou o capitão Adalberto Pessoa de Roure, comandante do pelotão da PM de Tangará. Um revólver calibre 38 foi apreendido, de acordo com a polícia.

As mortes aconteceram após duas casas do bairro Nossa Senhora de Fátima serem invadidas por homens armados. O capitão detalha que os suspeitos do crime estacionaram um carro em uma rua próxima e depois foram até as duas casas. Em uma delas estava o casal Sonali Serafim Santana, de 14 anos, e Gilberto Marinho da Silva, de 18 anos. Ambos foram mortos.

saiba mais

Na outra casa, a 200 metros, mais um casal foi alvo de disparos de arma de fogo. O homem, identificado como Albeni Pedro da Silva, de 45 anos, morreu, e a mulher foi socorrida em estado grave para Natal.

A PM acredita que as três mortes estejam relacionadas a uma briga de gangues. O caso será investigado pela Delegacia de Polícia Civil de Tangará.

*G1/RN
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário