Polícia já tem pistas e trabalha com hipótese de latrocínio para morte de universitário

De acordo com delegado, jovem foi morto após sair de motel com suspeito.


A Delegacia de Homicídios está trabalhando com a hipótese de latrocínio, que é roubo seguido de morte, para a o caso do universitário Máximo Augusto Medeiros de Araújo, de 23 anos. O jovem desapareceu na sexta-feira, dia 1º, em Natal, e seu corpo foi encontrado neste domingo (3), entre São Gonçalo e Macaíba.

Leia Mais:

Delegado Fábio Rogério comanda investigação

Nesta segunda-feira, a equipe da Delegacia de Homicídios começou a investigar os passos de Máximo Augusto. O delegado Fábio Rogério informou ao Portal BO que o rapaz teria encontrado com o possível autor do crime em uma boate e os dois teriam ido a um motel na zona Sul de Natal.

Os dois passaram pouco tempo no local, mais precisamente 24 minutos. O delegado acredita que o encontro de Máximo com o suspeito foi casual na boate, mas que possivelmente o criminoso já estava planejando praticar um assalto.

“O indício mais forte é que ao saírem do motel, o homem que estava acompanhado do universitário quis praticar o assalto e acabou matando o rapaz. Por isso, a linha mais forte é de latrocínio”, comenta o delegado Fábio Rogério.

Apesar disso, outras linhas de investigação não estão descartadas. O corpo de Máximo Augusto foi encontrado despido em uma área de matagal e com vários hematomas. A causa da morte, no entanto, ainda não foi definida.

*Portal bO
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

1 comentários:

Clique aqui para comentários
Anônimo
Administrador
5 de maio de 2015 20:08 ×

Mais um crime sem solução... um apena que vamos perder parentes e amigos pra essa violência. Se olhamos bem isso também é por nossa culpa!

Anônimo
Responder
avatar

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário