Secretaria de Segurança afirma que violência diminuiu no RN pela primeira vez em cinco anos


A Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesed) realizou, na manhã desta quarta-feira (13), mais uma reunião de monitoramento da Câmara Técnica de Mapeamento dos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI). Na ocasião, a Coordenadoria de Informações Estatísticas e Análises Criminal (Coine) divulgou o Relatório Info-Estatístico Analítico de Ocorrências e Ações do Rio Grande do Norte referente ao mês de abril e o acumulado no primeiro quadrimestre de 2015. 

Os números da Sesed mostram que, nos primeiros meses deste ano, o policiamento ostensivo nas ruas conseguiu reduzir os índices de furtos, roubos e lesões corporais, bem como o número de crimes violentos letais intencionais, quando comparados com o mesmo período do ano passado. O relatório aponta que o número de roubos no primeiro quadrimestre 2015, se comparado com o mesmo período em 2014, apresentou uma queda de 14,98%, ou seja, 790 ocorrências a menos do que no ano passado. O número de lesões corporais também caiu em relação ao mesmo período do ano passado, com uma queda de 8,73%. 

O relatório traz também os números dos crimes violentos letais intencionais registrados mensalmente em 2015. Em abril, foram registrados 117 crimes violentos no estado, o que corresponde a uma redução de 23,03% se comparado com o mesmo mês do ano passado, quando houve 152 crimes. Se compararmos o primeiro quadrimestre deste ano, também houve uma redução de 10,47% no número de mortes, ou seja, 57 casos de Crimes Violentos Letais Intencionais a menos. Apesar dos números serem favoráveis, a secretária estadual de Segurança, Kalina Leite, considera que os dados ainda podem e devem melhorar. Para ela, os índices terão uma redução mais efetiva quando, juntamente com os trabalhos da Segurança, também forem intensificadas outras ações de políticas públicas integradas nas áreas de infra-estrutura, limpeza urbana, iluminação pública, educação, esporte, dentre outros. “Os números mostram que estamos no caminho certo, com transparência, compromisso e muito trabalho, mas também apontam que ainda há muito a ser feito. Por meio da Câmara Técnica temos um mapeamento microscópico do que está acontecendo. 

O Governo do Estado vem fazendo o seu trabalho, mas para manter esses resultados positivos é preciso que outras instituições públicas também intensifiquem suas políticas de aproximação”, disse a secretária de Segurança Pública e Defesa Social, Kalina Leite. De acordo com Marcos Dionísio Caldas, presidente do Conselho Estadual de Direitos Humanos (RN), o modelo de monitoramento de crimes adotado no RN, em 2015, é um exemplo a ser seguido no Brasil. Segundo ele, a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) já anunciou que adotará o modelo da Câmara Temática do RN, em outros estados, para referenciar os dados nacionais. “Pela primeira vez na história não há dúvidas na quantificação de crimes no RN. Alcançamos um bom resultado no primeiro quadrimestre e já estamos servindo de exemplo para o Brasil. 

Estudos mostram que a atuação da Segurança no RN pode melhorar, ainda mais, quando forem executados os convênios previstos do Brasil Mais Seguro e RN Sustentável, bem como o projeto das Áreas Integradas que visam uma aproximação ainda maior com a população”, disse Marcos Dionísio. Segundo o Coordenador de Informações Estatísticas e Análises Criminais da Sesed, Ivenio Hermes, a integração das Policias Militar e Civil e a comunidade motivaram as reduções do primeiro quadrimestre. “É preciso reconhecer o trabalho mais ostensivo das policiais nas ruas. A ação mais presente dos policiais tem sido o principal causador da redução da violência. Há cinco anos, os índices de criminalidade estavam aumentando e, desta vez, registramos uma significativa queda. Se a gente coloca essa redução em dados sensíveis, afirmamos que dezenas de famílias deixaram de chorar por seus entes e mais vidas foram poupadas”, destaca Ivenio Hermes.

PORTAL BO
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário