Após fuga de quatro presos, juiz interdita presídio na zona Norte de Natal

Cadeia Pública de Natal está proibida de receber novos presos.


Após o registro de mais uma fuga no Presídio Provisório Raimundo Nonato Fernandes, também chamado de Cadeia Pública de Natal, o juiz Henrique Baltazar, da vara de Execuções Penais, decidiu interditar a unidade. A partir desta segunda-feira (8), a cadeia não pode receber novos presos.

De acordo com o juiz, a medida é por questão de segurança e superlotação do presídio. Na madrugada do último sábado (6), quatro presos conseguiram escapar depois que abriram um túnel a partir da quadra. Os foragidos são: Geilson Avelino, Dhiago Teixeira de Moraes, Humberto dos Santos Félix de Lima e Welington Alcides de Oliveira.

Além da interdição parcial, o juiz Henrique Baltazar estabeleceu uma multa de R$ 1 mil ao coordenador da Administração Penitenciária do RN e ao diretor da própria Cadeia Pública de Natal por cada preso que ingressar na unidade sem autorização judicial.

No mês passado, a Justiça já havia interditado outras unidades, como a Penitenciária Estadual de Alcaçuz, a maior do Estado.

*POrtal BO
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário