NOTA DE ESCLARECIMENTO A POPULAÇÃO UMARIZALENSE

Na manhã de hoje (18), a Polícia Militar deteve um rapaz que se encontrava vestindo apenas uma bermuda e estava correndo como um louco dentro de um matagal nas proximidades da cidade. 

Logo após sua detenção para averiguações, o senhor que se dizia chamar Jailson, não falava muita coisa, mas se enrolava todo, dando para observar que ele se encontrava com problemas mentais. 

Os policiais o levaram para a Delegacia de Polícia, e como ele portava o titulo de eleitor, uma consulta foi feita no sistema, e nada foi encontrado em desfavor do mesmo, portanto, logo em seguida o mesmo foi liberado. 

No final da manhã ele foi pego novamente pelos policiais no bairro Lalins, onde as pessoas não o conhecendo acionaram a polícia. Acontece que logo após esse fato, algumas pessoas que não pensa e que não têm nenhum compromisso com a verdade, passaram a espalhar notícias mentirosas, postando nas redes sociais, inclusive no whatsapp, usando para isso a mesma fotografia que foi tirada para uma possível identificação do rapaz, dizendo que o rapaz havia tentado estuprar uma criança, indo além, passaram a dizer que a polícia estava sendo omissa, pois havia soltado o tal estuprador. 

Segundo os Policiais, nenhuma denuncia foi feita sobre estupro, as pessoas apenas cumpriram com a obrigação de comunicarem que havia um homem estranho nas ruas do bairro e estava somente de bermuda e todo arranhado. 

Os policiais localizaram a família do rapaz os quais residem no sítio traíras, município de Apodi, e o mesmo já foi internado na cidade de Mossoró. 

Uma cidade que viveu até pouco tempo uma violência desenfreada, e que todos sabem que essas feridas ainda estão abertas, e que a qualquer momento tudo pode voltar a tona, não podemos viver de acreditar em mentiras. 

As redes sociais são muito importantes no quesito segurança, mas as mentiras muito atrapalham o trabalho das polícias. 

Sargento Azevedo
Policia Militar
Blogueiro.
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

5 comentários

Clique aqui para comentários
Anônimo
Administrador
19 de junho de 2015 13:54 ×

Isso é calúnia, crime. Quem inventa uma barbárie dessas, usando uma rede social para imputar um crime a alguém inocente, ainda por cima doente, é que era pra ser preso. A polícia era pra tentar identificar o criminoso que ventilou essa mentira e o responsabilizar, assim iria coibir essa prática nojenta. Parabéns à polícia pelo bom auxílio prestado. Essa é a polícia que precisamos.

Responder
avatar
Aderbal Felinto
Administrador
19 de junho de 2015 15:04 ×

Essas pessoas que se utilizaram das redes sociais para passar informações falsas sobre esse rapaz, incorreram em crime, sem falar que colocaram a vida do rapaz em perigo, quem não lembra de um episódio que ocorreu em São Paulo ano passado, quando uma jovem mulher foi linchada depois de ser confundida com uma sequestradora. É preciso que se tenha muita cautela nessa hora, é preciso fazer denúncias?? claro que sim e a Policia agradece, só não pode é publicar falsas noticias colocando em risco a vida de terceiros.

Responder
avatar
Anônimo
Administrador
19 de junho de 2015 16:16 ×

gosto muito da policia

Responder
avatar
Anônimo
Administrador
19 de junho de 2015 19:18 ×

Parabéns a polícia de Umarizal, a PC e a PM. E não se preocupem com essa calúnia, tem muita gente aqui doida pra Umarizal voltar a ser o que era antigamente.

Responder
avatar
Anônimo
Administrador
21 de junho de 2015 13:41 ×

Parabens pelo trabalho..

Responder
avatar

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário