Presos voltam a ficar amontoados e DP de Plantão da Zona Sul tem atendimento suspenso

No total, 17 presos estão na unidade e policiais decidiram não realizar BOs.


Mais uma vez, o prédio onde funciona a Delegacia de Plantão da Zona Sul de Natal voltou a ficar com presos amontoados e a situação chegou ao ponto dos policiais civis que trabalham naquela unidade suspenderem o atendimento. Na noite desta segunda-feira (29), eles tiveram que interromper a realização de boletins de ocorrências.

Isso aconteceu porque houve um princípio de entre os presos e, inclusive, os policiais receberam a informação de que um deles estaria com celular. Com isso, o atendimento ao público teve que ser suspenso, para que os policiais pudessem realizar uma revista no local.

De acordo com os policiais da Plantão da Zona Sul, um total de 17 homens estão presos no local. Desde a sexta-feira passada, que não há retirada de preso do local, o que agravou a situação.

Na noite desta segunda-feira, a delegacia, além da superlotação de presos, também esteve lotada de vítimas de assaltos, a maioria vindas de um bar que foi alvo de um arrastão em Candelária. No entanto, os policiais não tiveram como atender as vítimas e realizar os boletins de ocorrência.

SÉRGIO COSTA / PORTAL BO

Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário