RN teve 1.120 veículos roubados ou furtados nos últimos três meses

Isso representa uma média de 12 ocorrências por dia, de acordo com a Deprov.

Uma das maiores preocupação do cidadão potiguar, na atualidade, é com a insegurança. E, dentro dessa área, a modalidade criminosa que mais preocupa talvez seja o roubou ou furto de veículos. E não é por acaso. Para se ter uma ideia, somente nos últimos três meses, o Rio Grande do Norte teve um total de 1.120 veículos roubados ou furtados, sendo 590 carros e 530 motocicletas.

Os dados, que representam uma média de aproximadamente 12 veículos por dia, são da Delegacia Especializada em Defesa e Propriedade de Veículos e Cargas. Ainda de acordo com as estatísticas da Deprov, desse montante de veículos roubados em março, abril e maio, 613 foram recuperados.

A reportagem do Portal BO conversou com o delegado Márcio Delgado Varandas, titular da Deprov, e ele reconheceu que os números são exorbitantes, mas disse que a equipe vem atuando constantemente em localizar esses veículos.

“Infelizmente, nossa equipe é muito pequena para toda essa demanda. São apenas oito ou nove policiais para combater esses tipos de crimes em todo o Estado. Mesmo, nesses últimos meses, conseguimos aumentar o percentual de veículo recuperados”, disse.

As cidades com maior incidência de furto e roubos de veículos nesse período foram: Natal (572), Parnamirim (235), Macaíba (46), São Gonçalo do Amarante (32), Extremoz (18), São José de Mipibu (16) e Ceará-Mirim (12).


Na capital potiguar, alguns bairros se destacam pela frequência de ocorrências. Em três meses, por exemplo, o bairro de Lagoa Nova teve 61 veículos roubados ou furtados. O bairro de Cidade Satélite contabilizou 40 casos, enquanto. Candelária, por sua vez, teve 32 ocorrências registradas.

Ainda de acordo com o delegado Márcio Delgado, apesar de existirem quadrilhas especializadas em roubos de veículos, principalmente para clonagem e revenda dos carros e motos roubadas, esse tipo de atividade representa a minoria do montante de ocorrências.

O delegado explica os bandidos roubam carros e motos para cometerem outros crimes na sequência, como assaltos ou até mesmo para fugas. Com isso, esses veículos acabam abandonados depois.

Ainda pelos números da Deprov, os carros com maior incidência de furtos e roubos são Gol, Pálio e Fiat Uno, seguidos de Celta e Corsa. Geralmente, de acordo com a polícia, os bandidos também procuram veículos de cores branca ou preta.

Os telefones da Delegacia Especializada em Defesa e Propriedade de Veículos e Cargas para denúncias ou informações sobre veículos roubados são: (84) 3232-6311 ou 3232-6313.


*Portal BO
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário