Suspeito de matar professor de religião a tiros, ex-namorado é preso

De acordo com a polícia, fim de relacionamento teria motivado brigas e morte.


Um jovem suspeito de homicídio foi preso neste sábado (27), no bairro do Alecrim. De acordo com a Polícia Civil, Allan Maycon de Medeiros Brown, de 20 anos, teria matado o ex-namorado Airton Gomes Teixeira, de 39 anos. O crime aconteceu em novembro do ano passado, quando Airton, que era professor de religião, foi assassinado a tiros, em Macaíba.

Leia Mais:

O delegado Normando Feitosa, que comanda o inquérito, disse ao Portal BO que Allan e Airton teriam tido um relacionamento de dois anos e, ao término do namoro, eles começaram a brigar. “O Airton estava querendo que Allan devolvesse alguns objetos que ele tinha lhe dado e, com isso, os tiveram algumas brigas, que resultaram no assassinato”, explica o delegado.

Apesar das evidências e depoimentos que levaram à Justiça a expedir mandado de prisão contra Allan Maycon, o jovem nega que tenha praticado o homicídio. Ainda segundo o delegado Normando, além do ex-namorado, a polícia investiga a participação de outra pessoa na morte do professor Airton Gomes.

O professor ensino religioso e filosofia Airton Gomes era coordenador do Terço dos Homens na igreja de São Sebastião, no bairro do Alecrim. Ele foi morto a tiros e com um terço na mão.

*Portal BO
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário