Operação no CDP de Caraúbas apreende vários objetos ilícitos em poder dos presos

Assusta e preocupa”, diz diretora sobre apreensão na cadeia pública de Caraúbas.


Cerca de 30 agentes penitenciários e policiais militares realizaram, durante cinco horas na manhã desta sexta-feira (03), uma revista minuciosa na Cadeia Pública Manoel Alves Pessoa Neto, em Caraúbas. Ao todo foram apreendidos drogas, celulares, chips, ferramentas artesanais e outros objetos ilícitos. Segundo a diretora do presídio, Ivna Benevides, não foi encontrado indícios de túneis. “O objetivo foi esse, apreender materiais ilícitos e evitar fugas. Graças a Deus não temos indícios de túneis. Faz mais de dois anos que não registramos fugas aqui”, relatou. Esta foi a segunda revista realizada em menos de um mês. Na primeira foram apreendidos cerca de 15 celulares e outros objetos. Ivna contou que a facilidade com que este tipo de material entra na unidade prisional é assustadora. “Temos uma grande exposição. Nós não temos um sistema interno de monitoramento de câmeras e falta outros equipamentos que identificaria a entrada de drogas e celulares. Isso mostra a fragilidade do sistema prisional. Assusta e preocupa”, relatou por telefone. Em entrevista recente, o promotor de Justiça Silvio Brito disse “Estamos vendo organizações criminosas se consolidando dentro dos presídios no Rio Grande do Norte, fazendo uso de celulares”. A declaração do promotor aconteceu após descoberta de que um apodiense comandava o tráfico de drogas e homicídios na região Oeste, pelo WhatsApp, a partir da Penitenciária de Alcaçuz. “A verdade hoje é que prender o cara não significa tirá-lo de circulação [...] É quando o celular se transforma em arma poderosa para praticar crimes”, disse Silvio Brito. Ivna Benevides relatou que os objetos apreendidos serão encaminhados à Coordenadoria de Administração Penitenciária (Coape), para que sejam investigados e que os proprietários sejam identificados. Atualmente, a cadeia de Caraúbas custodia 177 detentos. A unidade foi projetada para 96 apenados.


Texto Mossoró Hoje/Passando na Hora
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário