Deicor prende quadrilha suspeita de arrombar bancos e caixas eletrônicos

Grupo usava maçaricos e estava com 9 mil e 500 dólares

Uma operação policial realizada pela Divisão Especializada de Combate ao Crime Organizado (Deicor) prendeu, na manhã desta sexta-feira (28), cinco homens que são suspeitos de realizarem arrombamentos a bancos e caixas eletrônicos. Entre os cinco integrantes presos estão pai, dois filhos e um tio. 

Além deles, foi preso um foragido da justiça. Foram presos, em cumprimento a mandados de prisão e prisão em flagrante, o pai Raimundo Nonato Martins (57 anos), seus dois filhos Raimundo Nonato Martins Júnior, conhecido por “Juninho ou Pé de Pombo” (23 anos) e Flávio Ferreira Martins, conhecido por “Japona” (35 anos) e Júlio Freire Martins Filho, vulgo “Nen” (53 anos), irmão de Raimundo Nonato Martins.

Também foi preso Alisson Breno Pereira de Lima, conhecido como “Breno do Sal” (23 anos) e o foragido da justiça do RN, Janailson Dionísio da Silva (25 anos). “Esta associação criminosa já realizou ao menos oito arrombamentos a bancos e caixas eletrônicos em todo o Estado e usavam maçaricos na execução do crime. Uma das técnicas que eles utilizavam para não chamar a atenção era um caminhão frigorífico. Eles utilizavam o veículo para levar os artefatos que seriam usados no crime, sem serem percebidos”, detalhou a delegada titular da Deicor, Sheila Freitas.

O grupo criminoso começou a ser monitorado, em abril, pela Delegacia Especializada de Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (Deprov), logo após a Polícia Civil ter apreendido um caminhão que continha objetos que são utilizados para explosão de caixas. 

“A investigação iniciou-se pela Deprov, pois tratava-se de um roubo de carga, mas a Deicor deu continuidade, pelo fato de terem sido encontrados artefatos como maçarico, tubo de oxigênio, alavancas e lonas. Dentro do caminhão havia um malote do banco Bradesco de Macaíba, que foi arrombado em 30 de março”, detalhou a delegada Sheila Freitas. 

Apreensões

A Polícia Civil apreendeu na casa de Júlio Freire Martins Filho, vulgo “Nen”, duas malas que continham 9 mil e 500 dólares (em notas de US$100), frascos de perfumes franceses e relógios de marca. “Todo o material importado apreendido na casa de Júlio será enviado para a Polícia Federal, para que se descubra se houve a prática do crime de descaminho”, relatou a delegada Sheila Freitas.

No apartamento de luxo de Alisson Breno Pereira de Lima, que fica em Ponta Negra, foram apreendidos R$ 4.400,00 e aparelhos celulares. Na casa de Flávio Ferreira Martins foram apreendidas uma pistola 380 e 50 munições e na casa de Raimundo Nonato Martins, a Polícia apreendeu um revólver 38 e munições. Eles foram detidos em flagrante e responderão pelo crime de porte ilegal de arma de fogo.


*Portal BO
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário