Tabeliã substituta de cartório em São Gonçalo e marido são presos

Polícia investiga fraudes e possível caixa dois feito no cartório.


A equipe de policiais civis de São Gonçalo do Amarante, sob o comando do delegado Raimundo Rolim, prendeu Denise Gomes Máximo, tabeliã substituta do 1º Ofício de Notas, cartório daquela cidade, bem como o marido dela Henrique Silva de Souza.

Na casa deles, foram apreendidos arma, dinheiro e documentos que deveriam estar no cartório. De acordo com o delegado Rolim a tabeliã é suspeita de fraudes e caixa dois no cartório de São Gonçalo.

“Henrique vai ser autuado por posse e receptacão de arma de fogo e a Denise vai ser autuada por supressão de documento, art. 305, do Código Penal Brasileiro, mas temos fortes indícios de fraudes e caixa dois no Cartório do 1º Ofício de Notas de São Gonçalo do Amarante”, comentou.

O crime de supressão de documento é: Art. 305 - Destruir, suprimir ou ocultar, em benefício próprio ou de outrem, ou em prejuízo alheio, documento público ou particular verdadeiro, de que não podia dispor. Ele tem pena de reclusão, de dois a seis anos, e multa, se o documento é público, e reclusão, de um a cinco anos, e multa, se o documento é particular.

Dinheiro foi apreendido com casal.

*Portal BO


Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário