Assassinos do PM Costa em Parnamirim são menores, informa Sesed


A Polícia prendeu no início da tarde deste sábado, 19, quatro suspeitos de terem matado o PM Márcio de Oliveira Costa na noite desta sexta-feira, 18, em Parnamirim.

Os nomes dos suspeitos não serão divulgados porque eles são todos menores. Com os suspeitos, foi apreendido um revólver calibre 38, possivelmente usado no crime.

O caso está sendo investigado pelo delegado Fábio Rogério, que no início da tarde iniciou os interrogatórios e deve pedir vários exames na arma e nos suspeitos.

Para informar a população o resultado da prisão dos quatro menores, o delegado Fábio Rogério convocou a imprensa às 17h30 para uma coletiva.

Durante uma coletiva de imprensa, na sede da Delegacia Especializada em Homicídios (Dehom), foi anunciada a prisão dos irmãos Catiane Guilherme do Nascimento (19 anos) e Cassiano Guilherme do Nascimento (26 anos).

Os dois foram presos numa ação conjunta entre Polícia Civil e Polícia Militar e são suspeitos de terem fornecido ajuda para a dupla que matou o policial militar Márcio de Souza Costa (38 anos), nesta sexta-feira (18), na cidade de Parnamirim.

“Depois do crime, um dos assassinos do soldado decidiu esconder o revólver 38 usado para matar o policial. Ele pediu para que Catiane Guilherme ficasse com a arma. Logo depois, ela decidiu repassar o revólver para o irmão Cassiano Guilherme, que escondeu a arma em um coqueiro, localizado na área da residência onde mora”, detalhou o delegado titular da Dehom, Fábio Rogério.

Logo após o crime, a Polícia Militar começou a realizar vários monitoramentos na área, denúncias anônimas foram recebidas na Central do Disque-Denúncia 181 e a Polícia Civil começou o processo de investigação. “Essa rápida resposta sobre a morte do nosso companheiro é resultado de um trabalho incessante. Agradecemos a população que colaborou fornecendo denúncias e vamos continuar firmes na luta contra os criminosos. Essas prisões também mostram todo o empenho da Secretaria de Segurança e Defesa Social do RN(Sesed)”, detalhou o Capitão Eduardo Moreira, do 3º. Batalhão da Polícia Militar.

“A investigação do caso é de competência da 1ª. Delegacia de Polícia de Parnamirim, mas fomos designados pela Delegacia Geral de Polícia Civil a realizarmos a investigação. Esperamos prender em breve, os dois autores responsáveis pela morte do soldado Costa. Já temos os nomes dos dois homens que mataram o soldado Costa, mas vamos manter os nomes em sigilo. Nossas investigações continuam e estamos realizando diligências para prender os suspeitos”, esclareceu o delegado titular da Dehom, Fábio Rogério.



Na tarde deste sábado, 19, o governador Robinson Faria e a secretaria de Segurança e Defesa Social, Kalina Leite, estiveram no velório do PM Costa e, através de sua Assessoria de Comunicação, divulgou nota de pesar.

Veja nota.

Sesed emite nota de pesar pela morte de policial militar


A Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) do Estado do Rio Grande do Norte recebeu com grande consternação a informação do falecimento do Soldado PM Márcio de Sousa Costa, de 38 anos, pertencente a Companhia Independente de Policiamento de Guarda (CIPGD) e covardemente assassinado nesta sexta-feira, 18 de setembro.

A Secretaria de Segurança Pública perde mais um defensor da ordem pública que jurou servir e proteger a sociedade mesmo com o risco da própria vida. Márcio ingressou na Polícia Militar no ano de 2000 sendo um militar considerado exemplar pela Corporação.

A Sesed, assim, presta suas condolências aos familiares e amigos desse honrado policial que dedicou 15 anos de efetivo serviço à Corporação Militar e à sociedade, e nos deixa um belíssimo exemplo de dedicação ao trabalho.

Toda a estrutura da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) foi imediatamente colocada, desde a noite de ontem, à disposição no sentido de elucidar o crime e identificar e prender os envolvidos. Por determinação da secretária Kalina Leite o caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios da Polícia Civil (Dehom).

*Mossoró Hoje
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

1 comentários:

Clique aqui para comentários
Anônimo
Administrador
20 de setembro de 2015 18:04 ×

Muito certo esse empenho para prender os assassinos fo policial. Mad devia ser assim para tofo cidadão de bem wue morre de forma igual . pois todos tem o mesmo direito a vida. E a justiça. Tenho razão ou não?

Anônimo
Responder
avatar

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário