Preso se mata dentro da Cadeia Pública de Mossoró



Francisco Cortez Sobrinho “Leleu” ou “Treme Treme” 43 anos de idade natural de Rafael Godeiro, foi encontrado morto dentro da Cadeia Pública Juiz Manoel Onofre de Souza, em Mossoró, no Rio Grande do Norte, na tarde de hoje, 26 de setembro de 2015. 

Os agentes da Delegacia de Plantão e o Perito Criminal, Renildo Marcelino acreditam que o mesmo tenha ingerido um tipo veneno liquido utilizado para matar as pragas de plantas. 

Ao lado do corpo de Leleu foi encontrada uma caixa fechada de veneno para ratos “Bolinhas” e uma pequena vasilha com restos do liquido que ele ingeriu. 

O que causou a morte do preso, segundo o Perito, só será conhecido após a necropsia no corpo, trabalho que será realizado pela equipe de Medicina Legal do Instituto Técnico e Cientifico de Polícia, Itep, do Rio Grande do Norte. 

Há quatro meses, Leleu estava preso acusado de violência doméstica “Lei Maria da Penha” e segundo informações, reclamava que havia sido abandonado pela família “Esposa e filhos”. 

Após os procedimentos no local, o corpo de Francisco Cortez Sobrinho foi removido para a sede da Unidade Regional do Itep em Mossoró.



*OCâmera
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário