TJRN nega liberdade a PM acusado de participar de morte de advogado

Crime aconteceu no dia 09 de maio de 2013, na Zona Oeste de Natal.
Antônio Carlos Ferreira de Lima é acusado de participação na morte.

A Câmara Criminal do Tribunal de Justiça doRio Grande do Norte (TJRN) negou, nesta terça-feira (20), o pedido de liberdade ao sargento da PM Antônio Carlos Ferreira de Lima, acusado de participação no assassinato do advogado Antônio Carlos de Souza Oliveira, de 41 anos, morto a tiros dentro de um bar na Zona Oeste de Natal, em 9 de maio de 2013.

A decisão do TJRN manteve a sentença do 2ª Tribunal do Júri da Comarca de Natal que apontou que a liberdade do acusado "colocaria em risco a paz social, pela posição que ocupa e pelo histórico citado nos autos do processo".

saiba mais

A sentença inicial condenou os réus Lucas Daniel André da Silva, Marcos Antônio de Melo Pontes e Expedito José dos Santos pelo homicídio. Segundo a denúncia, após receberem uma ligação telefônica de Antônio Carlos Ferreira de Lima, os demais suspeitos foram ao local em que estava a vítima e realizaram o crime.

Segundo apontou a investigação da Polícia Civil, a motivação do crime seria uma disputa de terras em São Gonçalo do Amarante, município da Grande Natal, envolvendo o advogado e Expedito José. O advogado teria derrubado um muro construído por Expedito de forma irregular.

*G1/RN
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário