Agentes Penitenciários e policiais do GTO encontram celulares durante vistoria surpresa no CDP Apodi


Agentes Penitenciários do Centro de Detenção Provisória de Apodi (CDP), juntamente com policiais do Grupo Tático Operacional (GTO) da 2ª Companhia de Policia Militar de Apodi, fizeram uma vistoria surpresa na tarde deste domingo (30) e encontraram vários aparelhos celulares e carregadores. A ação foi realizada por volta das 17h00min, em 10 celas. As informações são do diretor da unidade, agente Marcio Morais, que acompanhou toda ação dos agentes e policiais, inclusive participou da revista.

De acordo com Marcio Morais, as revistas acontecem com freqüência, mas hoje fizemos uma revista com um contingente maior e mais equipamentos que ajuda na detecção de metais. Durante a ação, os cerca de 100 presos que estavam nas celas foram retirados para o espaço que serve para o banho de sol.

Ação contou com á participação do diretor da unidade, Marcio Morais, agentes penitenciários, Moises Medeiros, Wdson Brilhante, Kaio Cesar e dos policiais do GTO, sargento Antonio Holanda e policiais Rocha e Heider.

A revista fora solicitada pelo diretor do estabelecimento prisional aos policiais da 2ª Companhia de Policia Militar de Apodi, que sempre tem dado total apoio nesse tipo de operação. "Recebemos informações que alguns internos estavam fazendo uso de celular e realizamos essa revista surpresa", disse o diretor.

Quase que diariamente durante a realização de revistas nos Centros de Detenção, Cadeias Publicas e Presídios do Rio Grande o Norte, os agentes penitenciários encontram celulares, drogas e até mesmo facas.

Atualmente o Centro de Detenção Provisória de Apodi com custodiando cerca de 100 presos. São internos de varias regiões e ate mesmo outros estados como Paraíba, Ceara Goiás, Brasília, São Paulo dentre outros. A unidade tem capacidade para apenas 70 presos, mas hoje tem mais de 100. Os agentes de Apodi não dispõem de Portal ou raios-X, os únicos equipamentos disponíveis na unidade são uma raquete e uma banqueta doada recentemente pela Secretaria Nacional de Segurança.

Mesmo diante da crise que vem atingindo o Sistema Penitenciário, o CDP Apodi tem realizado varias atividades escolares, palestras, cultos, missas. O estabelecimento ainda mantém uma equipe com 10 internos que atuam na limpeza de escolas, unidades de saúde e agora esta construindo um Centro Cirúrgico na Maternidade Claudina Pinto, referencia no atendimento á mulher na região Oeste.

“O nosso trabalho é acompanhado de perto pelo Ministério Público, Judiciário e os Direitos Humanos, sempre buscamos o melhor para nossa unidade, aqui graças a Deus, em cinco anos não registramos fuga, resgates, homicídio ou suicídio, temos internos aqui que realmente tem demonstrado interesse de sair do mundo do crime, mas acredito que alguns tem visto que esse mundo não é muito bom”, comentou o diretor Marcio Morais.

Todos os celulares apreendidos vão passar por vistoria para identificar seus respectivos proprietários e assim punir os responsáveis. Esse ano a direção do CDP Apodi já fez duas sindicâncias, onde puniu alguns detentos que estavam fazendo uso de celular na prisão. O CDP Apodi fica na área urbana o que também facilita que pessoas possam jogar os celulares pelo muro do estabelecimento.

*Por Trás das Grades
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário