Apodi-RN: O latrocida e presidiário Renatinho entrega espingarda e munição roubada da casa de Teté de Ademar

A Polícia Militar de Apodi através do Grupo Tático Operacional (GTO), Radio Patrulha, conseguiram encontrar na residência do presidiário, Antonio Renato Moreira de Souza Filho “Renatinho”, uma camisa suja de sangue, uma espingarda e centenas de cartuchos de variados calibres.

O material pertencia ao comerciante Antônio Leão da Silveira “Teté de Ademar” de 74 anos de idade, morto com pauladas e quase 20 punhaladas em sua residência.


A casa onde o material estava escondido pertence á Renatinho e fica na Rua Deputado Cosmo Lemos, nas imediações do reservatório da CAERN, na mesma quadra da residência do comerciante Antonio Leão da Silveira “Teté de Ademar”. A espingarda, os cartuchos e a camisa da vítima suja de sangue, estavam enterrados em um buraco no muro da casa de Renatinho.

Os policiais chegaram ao endereço, através de denuncias anônimo e logo confirmado pelo presidiário Renatinho, que estava na carceragem do Centro de Detenção Provisória de Apodi (CDP), e foi com os policiais mostra o local onde o material estava enterrado. Em todo momento Renatinho, nega que participou do crime. “Esse material foi deixado aqui por um colega de Mossoró”, diz ele.


Renatinho entregou outras pessoas envolvidas no caso, mas a policia vem mantendo sigilo para não atrapalhar as investigações.

A ação policial envolveu os sargentos Antonio Holanda, Osivan, Ivanildo Lima e os policiais Marcos Gil, Eider, Rocha dentre outros policiais e profissionais da segurança. O comerciante Teté de Ademar era membro de família tradicional e era um cidadão de bem e bastante respeitado no município. O crime chocou á população e foi montada uma força tarefa para elucidar o latrocínio.


O sargento Antonio Holanda, do Grupo Tático Operacional (GTO), ainda esta em diligencias em busca do restante dos produtos que foram levados pelos assassinos do comerciante.

O delegado de Apodi, bacharel, Renato Oliveira, assumira as investigações a partir dessa segunda-feira, mais envolvidos podem ser presos com o desenrolar das investigações, principalmente os receptadores dos produtores roubados.

*Por trás das grades
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário