TCE diz que Governo terá que devolver R$ 308 milhões até o fim de 2016

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) decidiu que o Governo deverá devolver, até o fim de 2016, os recursos sacados do fundo da previdência dos servidores públicos estaduais a partir de maio deste ano. A decisão ocorreu no início da tarde desta quinta-feira (17), durante análise sobre o caso. Ao todo, o Executivo deverá recompor R$ 307.929.270,00.

O relator do processo no TCE, conselheiro Paulo Roberto Chaves, acatou parcialmente o parecer do Ministério Público Junto ao Tribunal de Contas. No entendimento do relator, o Governo do Estado deveria suspender os saques a partir do dia 30 de abril, quando estava previsto o encaminhamento de projeto que institui a Lei da Previdência Complementar dos servidores. Apesar do projeto ser encaminhado, o Governo realizou cinco novos saques entre agosto e novembro, no total de quase R$ 308 milhões. Esses saques, no entendimento do relator, foram irregulares.

O posicionamento de Paulo Roberto Chaves foi acompanhado por todos os conselheiros e ficou estabelecido que até o fim de dezembro o Executivo deverá fazer a reposição dos valores ao fundo, que atualmente não tem mais recursos. 

Além da reposição dos recursos referentes à Previdência, os conselheiros também solicitaram que o Governo do Estado informe imediatamente quais as medidas foram tomadas para a redução de gastos com pessoal e adequação dos custos à Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). O TCE deu ainda prazo de 60 dias para que o Executivo forneça um cronograma com as ações que serão tomadas para que a folha de pagamento volte ao teto imposto pelo limite prudencial da LRF.

Pela lei aprovada no ano passado que determinou a unificação dos fundos e utilização dos recursos, o Governo do Estado tem até 2018 para repor os valores sacados, incluindo os de 2014. Até o momento, o Executivo tem "dívida" de aproximadamente R$ 650 milhões com o Funfir.

*Tribuna do Norte
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário