Final de semana de Carnaval teve 18 assassinatos no RN

Segurança reforçada não intimidou bandidos.

O final de semana de Carnaval foi violento no Rio Grande do Norte. Nem mesmo a fiscalização mais intensa e abordagens da Polícia Militar intimidou os bandidos. Da noite da sexta até a madrugada desta segunda-feira, foram registrados 18 homicídios no Estado, sendo a maioria em Natal e região metropolitana. No entanto, os casos não aconteceram em áreas de festas carnavalescas.

Da sexa-feira para o sábado, por exemplo, foram quatro assassinatos registrados, sendo um em São José de Mipibu, um em Natal e dois em Macaíba. No caso de São José de Mipibu, a vítima, tinha marcas de espancamento e uma corda enrolada no pescoço. Um dos casos de Macaíba foi morte por facadas. As outras duas mortos registradas nesse período foram por disparos de arma de fogo.

Já do sábado para a manhã do domingo, a polícia registrou mais sete assassinatos. Foram três em Natal, dois na praia de Barreta, um em Tangará e um em Macau. Em todos esses casos as vítimas assassinadas a tiros, alguns com características de execução.

Duplo homicídio na zona Oeste
A contagem das mortes do domingo para esta segunda começou com um duplo homicídio na zona Oeste de Natal, mais precisamente no bairro de Nova Cidade. Dois homens, identificados como Carlos Alberto de Carvalho Fernandes, de 22 anos, e Waldemir dos Santos Alcebiádes, de 34 anos, estavam em uma esquina quando bandidos se aproximaram em um carro e começaram a atirar.

Ainda em Natal, um homem foi morto no bairro de Felipe Camarão, também na zona Oeste, pouco tempo após o duplo homicídio. Neste caso, um homem armado se aproximou e atirou Manoel Gomes Bezerra Filho, de 47 anos.

Já durante a madrugada desta segunda-feira, outro homem foi assassinado em Natal, desta vez na zona Norte, na avenida João Medeiros Filho, no Panatis. Marcilio da Silva Ferreira, de 27 anos, foi morto a tiros.

Entre a noite do domingo e madrugada desta segunda-feira, foram registrados crimes ainda em Mossoró, onde um motociclista Raimundo Danielson da Silva, de 22 anos, foi morto a tiros por dois homens que estavam em outra moto, bem como na cidade Extremoz um corpo de um homem não identificado foi encontrado em uma estrada na zona Rural. Já em Maxaranguape, um jovem também foi assassinado a tiros.

*Portal BO
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

2 comentários

Clique aqui para comentários
Anônimo
Administrador
8 de fevereiro de 2016 16:22 ×

Tolerança zero isso é verdade? tanto assassinato no rn, aqui não tem jeito , porque existe gente grande por traz da violencia por isso não acaba nunca. senhor governador mais investigações isso que falta.bandido se passando por cidadão de bem.

Responder
avatar
Anônimo
Administrador
8 de fevereiro de 2016 18:22 ×

Nosso estado esta intregue as baratas so se investe em BANDAS UM SHOW DE SAFAFADAO CUSTA 700 MIL REAIS, MAS PTA SEGURANÇA E SAUDE NAO Tem nada.os hospitais lotados pacientes morrendo sem atendimentos, a nossa policiamal equipada mal remunerada...mas os shows estão ai. Diria melhor o SHOW DE VIDA REAL, MORTOS E ROUBO POR TODA PARTE DO RN.

Responder
avatar

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário