KELPS DIZ QUE NÃO É JUSTO CULPAR A POLÍCIA MILITAR PELA INSEGURANÇA NO RN


O deputado estadual Kelps Lima (Solidariedade) rejeitou a proposta para alteração da carga horária dos policiais militares do Rio Grande do Norte. O parlamentar destacou as precárias condições de trabalho e os perigos que a profissão oferece. “A polícia não precisa de mais arrocho. É a atividade profissional de maior risco no estado. São os policiais que efetivam o uso da força e não podem estar sendo culpados pela falta de efetivo”, destacou.

Kelps narrou uma situação ocorrida no município de Encanto, distante 412 km de Natal. “Estive em Encanto e encontrei um policial cuidando de três presas e tomar conta da cidade. Se ele deixar a delegacia aberta, periga matarem ele. É desse policial que vão aumentar a carga horária? Fazendo papel de escrivão e de agente penitenciário? Há que se ter cuidado em não botar a culpa nas pessoas erradas”, disse.

O deputado finalizou seu pronunciamento sugerindo a participação das entidades que representam a categoria para um debate amplo.

APRAM
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário