82ª Morte violenta em Mossoró em 2016: Jovem é surpreendido e morto logo após assalto a mercadinho no Santo Antônio

No início da tarde de hoje, 09 de abril, um assalto a um mercadinho localizado no bairro Santo Antônio em Mossoró, terminou com a morte do acusado. João Batista de Araújo Neto, pedreiro de apenas 20 anos de idade, foi surpreendido e morto quando deixava o estabelecimento logo após o assalto. 

Segundo informações da polícia, João Batista quando chegou ao comercio na Rua Francisca Vasconcelos, estava acompanhado com um comparsa e armados. Eles renderam todos os funcionários do mercadinho levando os mesmos para um dos cômodos do estabelecimento. Os funcionários, todos da mesma família, foram deixados trancados. 

Quando os elementos estavam saindo do comercio foram surpreendidos por uma pessoa, que chegava ao local. João Batista foi alvejado no meio da porta de saída do comercio e morreu no local. A polícia recebeu informações que o outro elemento teria sido baleado, mas ninguém procurou atendimento médico nas unidades de saúde de Mossoró, apresentando ferimentos a bala. 

Ao lado do corpo de João Batista, a polícia encontrou o dinheiro do assalto e um revólver calibre 38, com apenas uma munição já picotada, “batida”. 

O pai de João Batista, pedreiro de apenas 44 anos de idade, disse que o filho era um trabalhador, até se envolver com outros elementos envolvidos com vários delitos na região do Alto de São Manoel. O pai disse ainda que o filho morava no conjunto novo, próximo ao Vingt Rosado e estava no bairro Santo Antônio acompanhado com outro elemento que foi detido e levado para a Delegacia de Plantão para prestar esclarecimentos. 

Depois dos procedimentos no local o corpo de João Batista de Araújo Neto foi removido e será necropsiado na base da Unidade Regional do Itep em Mossoró. 




*OCâmera
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário