Acusado de matar menino de 11 anos é preso dentro do Fórum em Mossoró


O acusado de matar o menino Luiz Luan Pereira da Costa, de 11 anos, na madrugada do dia 17 de outubro de 2014, no bairro Belo Horizonte, em Mossoró/RN, foi preso no início da tarde desta quinta-feira, dia 31, ao sair do Fórum Silveira Martins num táxi.

O motivo da prisão de Lucas Vinícius de Araújo Dantas, de 19 anos, foi que, depois de prestar depoimento ao juiz e ao promotor de Justiça, ele passou em frente a mãe de Luiz Luan dentro do Fórum e simulou, com o dedo, que ia cortar o pescoço da mãe do garoto.

A mãe do garoto (nome preservado) gritou. Lucas Vinícius ainda tentou fugir do Fórum Silveira Martins num táxi, porém, o policial que trabalha na guarda saiu em perseguição por meios próprios e o prendeu, dando assim voz prisão em flagrante por ameaça.

Após a prisão, Lucas Vinicius foi colocado na carceragem do Fórum. Ainda na tarde desta quinta-feira, 31, o réu será levado para ser autuado em flagrante e depois conduzido para aguardar decisão judicial posterior preso na Cadeia Pública de Mossoró.

O promotor de Justiça Ítalo Moreira Martins, que estava na audiência de instrução do processo contra Lucas Vinícius, disse que ficou impressionado com a audácia. “Com certeza vou requerer ao juiz do processo a prisão preventiva”, diz o promotor de Justiça.

Ainda conforme Ítalo Moreira, ao simular que ia cortar o pescoço da mãe da vítima, Lucas Vinícius afrontou o Poder Judiciário dentro do Fórum Silveira Martins. Na interpretação do promotor, se fez o que fez na casa da Justiça, faz pior fora.

Em contato com MOSSORÓ HOJE, o juiz confirmou o pedido e já informou que decretou a prisão preventiva de Lucas Vinícius.

Lucas também figura como suspeito de executar o pai de Luan

O pai do menino Luiz Luan, o pedreiro Francisco Leôncio Matias da Costa, de 43 anos, foi executado com tiros na cabeça no bairro Aeroporto II, no dia 25 de dezembro de 2015. Lucas é o principal suspeito de ter cometido este crime, que se encontra em investigação.

Veja mais:


Luan foi executado quando dormia dentro de casa

Sobre a morte de Luiz Luan, o Ministério Público Estadual relata na ação contra Lucas Vinícius que o mesmo aliciou um menor para, juntos, executarem Luiz Luan.

Conforme a peça, Lucas bateu na porta da casa e a mãe da vítima abriu, sendo rendida com arma na cabeça, enquanto o menor foi até o quarto e executou Luan.

O crime causou revolta nos moradores do Bairro Belo Horizonte. O caso foi investigado e o processo terminou sendo concluído com Lucas Vinicius indiciado.

Na Justiça, a mãe do menino Luan ficou frente a frente com Lucas Vinicius e o reconheceu como sendo a pessoa que ficou com a arma na cabeça dela enquanto o outro matava seu filho.

Após a audiência, Lucas saiu por uma porta e a mãe de Luan pela outra. No corredor do Fórum, Lucas Vinícius passou pela mãe e passou o dedo na garganta, insinuando que ia matá-la.

*Mossoró Hoje
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário