Presos fazem 'pirâmide humana' e fogem da Cadeia Pública de Mossoró


Quatro presos fugiram da Cadeia Pública de Mossoró, na região Oeste do Rio Grande do Norte, na manhã de ontem, 11 de abril. De acordo com Zé Fernandes, diretor do presidio, a fuga aconteceu durante o banho de sol.


Saulo Alexandre Pereira, morador do bairro Paredões, estava preso por assalto, João Batista Neto Lopes, " Netinho dos Bigodes" preso por porte ilegal de arma de fogo, José Rogaciano da Silva, "Vaqueiro", homicida, residente em Areia Branca e Patrício Davi Soares Filho, "Patrício de Paizão" Homicida, morador do bairro Paredões em Mossoró. 

"Os presos fizeram uma pirâmide humana, se apoiando uns nos outros, tiveram acesso ao telhado e fugiram", informou o diretor. A Cadeia Pública de Mossoró tem capacidade para 140 detentos, mas está com 199 detentos. Quatro agentes penitenciários por plantão são responsáveis por tomar conta dos detentos. 

O sistema prisional do Rio Grande do Norte passa por uma grave crise e já contabiliza 153 detentos que conseguiram escapar somente este ano.

*OCâmera
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário