Suspeito de homicídio no RN é preso no Espírito Santo

Operação Sem Fronteiras capturou foragido nesta sexta-feira.

Uma investigação da equipe de Polícia Civil de Marcelino Vieira, com o apoio dos Núcleos de Inteligência da Polícia Civil dos estados do Rio Grande do Norte e do Espírito Santo e da Delegacia Especializada em Capturas e Polinter do ES (Decap), deflagrou a Operação Polícia sem Fronteiras e capturou o foragido da justiça Franscisco Acaciano do Nascimento, vulgo “Fateta”, 39 anos, nesta sexta-feira (06), em Viana, no estado do Espírito Santo. O nome da operação faz alusão ao trabalho conjunto das Polícias Civis do RN e do ES, evidenciando que o combate ao crime vai muito além dos limites territoriais de suas regiões.

Franscisco é suspeito de no dia 10 de dezembro de 2015, assassinar a queima roupa Renato de Oliveira Diniz, conhecido por “Renato de João Moisés”, com quatro disparos de arma de fogo, em um bar na praça central de Marcelino Vieira. O suspeito foi preso em decorrência de um mandado de prisão preventiva. De acordo com o delegado de Marcelino Vieira, Paulo Cesário, essa prisão mostra o quanto a Polícia Civil é incansável no combate a impunidade, com destaque a importância da integração entre as unidades da federação no combate à violência.

Durante a operação, as equipes de Polícia Civil de Marcelino Vieira, Alexandria, e Pau dos Ferros, cumpriram mandados de busca na cidade de Marcelino Vieira, com o intuito de localizar a arma utilizada no crime, conseguindo apreender a mesma na manhã de hoje (06) em Marcelino Vieira. Nas buscas, a polícia prendeu João Jocival da Silva, por posse ilegal de munição de uso permitido. Fateta será encaminhado para o sistema prisional do estado do Rio Grande do Norte, onde ficará a disposição da justiça.

*Portal bO
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário