Presos usam tereza e um foge da cadeia pública de Caraúbas

Um detento fuge da cadeia pública "Manoel Alves Pessoa Neto" em Caraúbas, cidade da região Oeste do Rio Grande do Norte, na madrugada deste segunda-feira (6). A fuga aconteceu de uma das celas e um policial que estava na Guarita evitou a fuga em massa efetuando disparos.

De acordo com informações do subcomandante do 12º Batalhão da Polícia Militar, capitão José Marcos de Carvalho (Cap. Cavalho), os presos serraram as grades de uma cela e usaram "terezas" - cordas feitas com lençois - para fugir, escalando o muro da unidade.

O vice-diretor da Cadeia Pública de Caraúbas, André França, disse que a fuga foi na madrugada de hoje por volta das 1:50hs, os presos da cela 04 do pavilhão "A" cerraram a grade da cela foram para o corredor e cerraram também a grade que da acesso a quadra e em seguida usaram uma Tereza escalaram o muro. O guariteiro que estava na guarita, na parte da frente do presídio viu e efetuou alguns disparos e evitou uma fuga com maior número de presos.

Um preso identificado como Willian Bezerra de lima, de 20 anos, conseguiu pula o muro e se evadiu do local. Os policiais fizeram buscas pelo setor do presídio, mas o detendo não foi localizado.


*Icém Caraúbas
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário