Homem é preso por manter mulher e filho de um ano em cárcere privado

Suspeito chegou a fazer cronograma com regras para a mulher cumprir.

Um homem identificado como Nilson Oliveira de Sousa, de 34 anos, foi preso em flagrante nesta segunda-feira (25) por policiais da Rádio Patrulha de São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal, após manter a mulher e o filho de um ano em cárcere privado.

Os policiais patrulhavam pelo bairro Jardins durante a madrugada quando ouviram gritos de uma mulher pedindo socorro. O chamado partia de dentro de um imóvel situado na rua Flores das Acácias. Foi realizado contato com a vítima, que de dentro do imóvel informou que seu marido estaria mantendo ela e um bebê em regime de cárcere privado.

O muro do imóvel estava coberto por grampos e em todas as portas e janelas haviam grades. Nenhuma chave foi deixada com a vítima, pois, segundo a mulher, Nilson levava todas quando saía para o trabalho.

Os policiais então aguardaram a chegada do homem, o que aconteceu por volta das 6h. O suspeito ainda tentou se evadir quando percebeu a presença da viatura, mas foi alcançado e detido.

Ao adentrar o imóvel, os policiais perceberam que a mulher e a criança ficavam trancadas na parte de cima, sem acesso à sala, cozinha ou área externa da casa. A mulher contou que ficava incomunicável o dia todo, pois Nilson não permitia que ela tivesse telefone celular ou assistisse televisão.

Os PMs também encontraram um cronograma para o ano de 2016 que detalhava atividades com horários fixos em que a mulher deveria cumprir suas tarefas, desde o momento de acordar, passando pelas refeições e afazeres domésticos, devendo recolher-se para o “sono noturno, até 22h no máximo, em dias que não tiver culto, quando tiver, 23h” (sic).

Nilson foi autuado na DP de São Gonçalo do Amarante pelo crime de cárcere privado e deverá seguir para o sistema prisional.

Portal BO
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário