_________________________________________________________________

_________________________________________________________________

Suspeitos de montar falsa blitz no RN, cabo da PM e mais cinco são presos

Grupo foi detido na noite desta quarta-feira (19) em Maxaranguape.
Coletes da Polícia Civil, fardas da PM e cinco armas foram apreendidas.

Material usado na falsa blitz foi apreendido e levado a Delegacia de Plantão da Zona Norte de Natal (Foto: PM/Divulgação)

Um cabo da Polícia Militar e outras cinco pessoas foram presos na noite desta quarta-feira (19) suspeitos de estarem realizando uma falsa blitz e extorquindo dinheiro de moradores no distrito de Dom Marcolino, no município de Maxaranguape, litoral Norte do estado. Além dos detidos, foram apreendidos o carro da PM que o cabo estava usando, coletes e fardas policiais, cinco armas de fogo e cones que foram utilizados na fiscalização montada pelo grupo.

saiba mais

O cabo foi identificado como Jailson Félix de Lima, lotado da cidade de Lajes, na região Central potiguar. Ele tem 16 anos de corporação.

Segundo o delegado Natanion de Freitas, um dos titulares da Delegacia de Plantão da Zona Norte de Natal, a barreira foi montada por volta das 15h. “Todos estavam vestidos com roupas de policiais, extorquindo dinheiro das pessoas que eram paradas nessa falsa blitz. O grupo foi denunciado e a PM de Maxaranguape foi averiguar o que estava acontecendo. Ao verificarem que se tratava de uma fiscalização irregular, os policiais trouxeram o grupo e todo o material que estava com eles aqui para a delegacia”, relatou.

Ainda de acordo com o delegado, o cabo da PM preferiu ficar calado. “Ele invocou o direito constitucional de ficar em silêncio e só vai falar em juízo. Os seis foram autuados por extorsão e associação criminosa, e todos também irão responder por porte ilegal de arma de fogo”, acrescentou Natanion.

De acordo com o tenente-coronel Arthur Emílio, da assessoria de comunicação da Polícia Militar, o cabo ficará detido no quartel do Comando Geral da PM, no bairro Tirol, Zona Leste da capital. "Iremos instaurar uma sindicância administrativa para apurar os fatos. Caso seja comprovada a participação dele nestes crimes, ele pode até ser expulso da corporação", ressaltou o oficial.

*G1/RN
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário