Um tiro no pé: Inabilidade, soberba e incoerência política derrotam Érico em Umarizal

As eleições municipais do domingo próximo passado confirmaram nuances que ao longo dos 45 dias de campanha vinham se revelando. Com a demonstração clara de incoerência política, o excesso de soberba e uma inabilidade nunca antes vista, o presidente do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), o vereador derrotado Érico Onofre, enterrou seu partido definitivamente na cidade.


A cova da agremiação partidária começou a ser cavada quando o edil decidiu exigir a posição de vice-prefeito da coligação vencedora, encabeçada pela pedagoga Elijane Paiva (DEM). Com a escolha de Raimundo Dias (PPS) como vice, o peemedebista, esquecendo todo seu passado e principalmente tudo que o seu saudoso e honrado pai, Guaraci Onofre, sofreu de perseguição pelos adversários, decidiu se unir aos seus ex-algoses.

Ao abandonar a oposição e se aliar ao acordão político na tentativa de se perpetuar no poder, o advogado Érico, que teve o total apoio da família Florêncio e do ex-prefeito Rogério Fonseca, desagradou a grande maioria de seus fiéis eleitores culminando em sua vergonhosa derrota, ficando apenas em oitavo lugar na sua coligação e com a segunda suplência.

Definitivamente, uma escolha infeliz acabou com a carreira política do ainda vereador e sempre protegido de Henrique Alves, Érico Onofre e implodiu o PMDB em Umarizal. Nos bastidores da política estadual, já se fala inclusive na tentativa de reestruturação do partido e claro, com o afastamento do comando do partido.

Comparando as duas ultimas campanhas

Em 2012 o vereador Érico obteve 500 votos, e foi considerado bem votado pela coligação que tinha na chapa majoritária derrotada, Elijane Paiva e seu pai Guaraci Onofre, na ultima eleição do dia 02 de outubro ele só obteve 320 votos, perdendo assim um total de 180 votos quatro anos depois. 
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário