Em plebiscito, professores dizem não à deflagração de nova greve na UFRN

Decisão aconteceu em plebiscito realizado entre os dias 22 e 23 de novembro, através de sistema eletrônico; foram 783 (71,6%) votos contra e 311 (28,4%) a favor

Por: Agora RN

Com expressiva participação, os professores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte deliberaram pelo estado permanente de mobilização e participação nos atos nacionais unificados, mas foram contra a deflagração de uma nova greve. A decisão aconteceu em plebiscito realizado entre os dias 22 e 23 de novembro, através de sistema eletrônico. Foram 783 (71,6%) votos contra e 311 (28,4%) a favor deflagração da greve.

O professor Wellington Duarte, presidente do Sindicato, chamou atenção para a representatividade e a legitimidade do processo de consulta, que permitiu o posicionamento de um número expressivo de docentes. \”O resultado do plebiscito é, antes de tudo, a consolidação de uma forma democrática de consultar os professores e de reforçar o papel das assembleias na medida em que ela inicia o debate, cabendo à direção do Sindicato dialogar com toda a categoria”, afirmou.

Para o dirigente, a expressiva participação docente no pleito fornece maior força para o ADURN-Sindicato encaminhar as reivindicações da categoria. “A sua introdução como instrumento de deliberação inscreve-se no marco do avanço da democracia proposta pelo Novo Movimento Docente, cuja proposta é a de ampliar a participação dos professores nos processos decisórios”.

Segundo o professor, a diretoria manterá a categoria mobilizada contra os ataques a direitos sociais e trabalhistas, entre os quais a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 55, que congela por 20 anos os investimentos públicos da União na Saúde e Educação.

Na próxima sexta, 25, o ADURN-Sindicato soma-se às centrais sindicais, movimentos sociais, de estudantes e de trabalhadores no Dia Nacional de Luta Unificada. A atividade terá início às 8h, no cruzamento das Avenidas Salgado Filho com Bernardo Vieira, na Zona Leste. De lá, os manifestantes seguem pela Salgado Filho em direção à BR-101 no sentido Zona Sul até chegar ao prédio da governadoria.

Participaram do plebiscito os professores sindicalizados e não sindicalizados. Somando ativos e aposentados, ao todo são 3.933 aptos a votar.
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário