Preso é encontrado morto dentro de cadeia na Zona Sul de Natal

Paulo Dailson Borges Cirilo, 30 anos, estava detido no CDP de Candelária.
Ele foi encontrado enforcado dentro de uma cela com outros 18 detentos.

CDP de Candelária, na Zona Sul de Natal (Foto: Eduardo Rodrigues/Inter TV Cabugi)

Um preso morreu no Centro de Detenção Provisória de Candelária, na Zona Sul de Natal. Paulo Dailson Borges Cirilo, de 30 anos, foi encontrado enforcado na madrugada desta quarta-feira (2) dentro de uma cela na qual estavam outros 18 detentos. A Polícia Civil não descarta a possibilidade dele ter sido assassinado.

"A perícia não encontrou marcas de violência no corpo dele. Além disso, a família relatou que ele já tinha um histórico de depressão. Mesmo assim, ainda vamos ouvir os presos que estavam na cela. Só a investigação poderá atestar o que realmente aconteceu", ressaltou a delegada Jamile Alvarenga, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Consta no site do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte que o preso Paulo Dailson Borges Cirilo, apesar de estar em um CDP, já havia sido condenado há mais de 24 anos de prisão por crimes de roubo à mão armada. Durante um destes assaltos, em 2011, chegou a ser baleado ao trocar tiros com a polícia na Av. Engenheiro Roberto Freire, uma das mais movimentadas da cidade. Além disso, ele ainda respondia por tráfico e associação ao tráfico de drogas.

25 mortos
Com mais este caso, chega a 25 o número de presos encontrados mortos dentro de unidades prisionais do Rio Grande do Norte somente este ano. Alguns foram encontrados enforcados em condições suspeitas, outros esfaqueados durante conflitos entre facções rivais ou mesmo assassinados a tiros. Ano passado foram 28 mortos.

G1RN
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário