RN é o 4° estado com maior taxa de homicídio e 16° lugar no ranking de mais perigoso do País

São Paulo lidera a lista de estados com as melhores taxas de segurança do Brasil. Em 10 anos, 19 estados pioraram seu desempenho no estudo

Por: Redação

De acordo com estudo da consultoria Macroplan, São Paulo é o estado com o melhor índice de segurança do Brasil.

Para chegar a essa conclusão, e formar o ranking, a consultoria cruzou informações da taxa de homicídios com a taxa de óbitos por acidente de trânsito das 26 unidades federativas e o Distrito Federal em 2014. Quanto mais próximo de 1 for o índice do local, melhor é o seu desempenho.

Na capital paulista, que ficou com índice de 0,866, cerca de 13 pessoas são assassinadas por ano a cada grupo de 100 mil habitantes – a taxa é duas vezes menor do que a média nacional, de 29 mortes a cada cem mil.

Quem encabeça a segunda colocação no ranking dos estados mais seguros é o Amazonas, que ficou com o saldo de 0,761. O Rio Grande do Sul aparece em terceiro, com índice de 0,745.

Do outro lado, Mato Grosso foi o que recebeu o título do local mais perigoso do Brasil. A taxa de homicídio do estado está entre as 10 maiores do país: 42 mortes a cada 100 mil habitantes. O Rio Grande do Norte ocupa a 16° colocação. Em compensação, a taxa de homicídios no RN é classificada como a quarta maior do Brasil.

No quadro geral, boa parte dos estados brasileiros deixou a desejar. Em dez anos (2004-2014), 19 das 27 unidades da federação reduziram a sua nota no estudo. Ou seja, houve uma piora na área.

SEGURANÇA NO TRÂNSITO

O segundo indicador analisado pela consultoria revela que, por ano, 22 brasileiros em cada grupo de 100 mil morrem em acidentes de trânsito. Esse resultado, porém, não é dos melhores. O país da América do Sul com o melhor desempenho é o Chile. Por lá, a taxa de óbitos nas estradas é bem menor: 12 mortes a cada 100 mil habitantes.

O estado brasileiro que mais se aproxima da referência internacional é o Amazonas, onde a taxa é de 13 a cada grupo de cem mil. Já o Piauí, é o lugar onde a morte no trânsito é mais frequente: 40 óbitos a cada 100 mil piauienses – o dobro da taxa nacional.

Fonte: Exame
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário