_________________________________________________________________

_________________________________________________________________

DHPP Mossoró - Dois envolvidos na chacina do Baile Funk estão na cadeia

Felipe Martins dos Santos 31 anos e Francisco Josenilson da Silva, confessaram participação na chacina do Baile Funk no bairro Boa Vista em Mossoró

Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoas “DHPP” de Mossoró esclareceu a autoria da chacina do “Baile Funk” e prendeu dois dos principais envolvidos. 05 pessoas foram mortas dentro do Romas Buffet, no bairro Boa vista em Mossoró, na noite de 11 de março de 2017 e segundo o delegado Rafael Arraes, teve como motivação a briga entre as facções criminosas, PCC e Sindicato do RN.

As investigações estão sendo conduzidas pelo Delegado Rafael Arraes, investigadores e agentes da especializada, e conta ainda com a colaboração direta da Divisão de Polícia do Oeste, “Divpoe” e da Delegacia Regional de Mossoró.


Na última quarta-feira dia 22, a polícia prendeu Francisco Josenilson da Silva, numa residência na Rua Francisco Ferreira Lopes, no bairro Santo Antônio e com ele foi encontrado aproximadamente um quilo de maconha e um revólver calibre 38 municiado. Ele cumpria pena na Penitenciaria Agrícola Mario Negócio, estava em liberdade condicional, mas havia deixado de comparecer para assinar e por isso passou a ser considerado foragido.

Josenildo era um dos acusados na chacina.


Na tarde de hoje, 24, a polícia prendeu Felipe Martins dos Santos, de 31 anos de idade, que reside na Rua Teresina, bairro Rosa dos Ventos em Parnamirim. Na casa onde ele estava morando, na Rua Pedro Velho, no bairro Santo Antônio em Mossoró, a polícia encontrou coletes a prova de balas e um revolver municiado.

A polícia descobriu ainda que Felipe mantinha 03 casas alugadas em Mossoró, onde estava morando há pouco mais de dois meses.

Segundo o Delegado Felipe Martins e Josenilson, confessaram participação na chacina e disseram que foram ao baile funk, para matar Eduardo Nunes Farias, membro da facção PCC. Eles disseram ainda que as demais pessoas que morreram teriam sido atingidas e mortas por balas perdidas. Segundo o delegado, Rafael Arraes, um terceiro suspeito já foi identificado, mas não foi localizado ainda.

A chacina do “Baile Funk” teve repercussão nacional e segundo o comando das investigações, não há dúvida quanto a motivação e pode haver muita gente envolvida.

Felipe Martins foi encaminhado a Cadeia Pública de Mossoró e Josenilson para a Penitenciaria Agrícola Mario Negócio.

O Câmera
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário