Jovem morto em Apodi era investigado por homicídio, tentativas, tráfico e estava a um passo de ser preso, diz delegado

Delegado Renato Oliveira


O jovem e ex-presidiário Caio Rodrigo da Costa Caetano, que foi morto a tiros na noite de segunda-feira (27) em Apodi, estava a um passo de ser preso, segundo informou o delegado Renato Oliveira, titular da Delegacia de Apodi.

Os motivos são que ele era investigado por um homicídio, duas tentativas de homicídio e tráfico de drogas na cidade, e estava com a prisão preventiva solicitada à Justiça.

Ele era um dos criminosos mais atuantes em Apodi”, declarou o delegado. 

Segundo Renato Oliveira, Caio Caetano estava sendo investigado pela morte do também ex-presidiário Francisco Jocivan Pessoa, de 21 anos, mais conhecido como “Boiadeiro”. O crime aconteceu no dia 10 de fevereiro, no bairro Cohab. 

Caio também estava sendo investigado pelo ataque a tiros que aconteceu durante o carnaval por trás do Muralhas Clube, no bairro Betel.




Em entrevista ao blog do Josemário.com, o delegado Renato revelou que a tentativa de homicídio contra o mecânico conhecido como “Chico”, na noite de 17 de março no bairro Bicentenário, também teve o envolvimento do jovem Caio Caetano. Neste caso, as investigações apontaram que o alvo não era o mecânico, e sim o seu filho. 

Ao ser questionado sobre os motivos desses crimes, Renato Oliveira afirmou que o estopim foi briga entre facções. “Caio Pezão era o líder maior do PCC aqui em Apodi e todos esses últimos crimes praticados na cidade foram motivados por guerra entre facções”, completou o delegado. 

Por conta disso, o Delegado Renato já havia pedido a prisão preventiva de Caio Caetano à Justiça. O mandado seria expedido em breve. 

Agora, com a sua morte, as investigações serão direcionadas aos suspeitos que atiraram nele. Antes de morrer, Caio revelou à polícia quem teria tentado mata-lo. 

Caio Caetano foi a sexta vítima de homicídio em Apodi no período de três meses

Blog do Josemário
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário