Promotor e procurador são submetidos a cirurgia e não correm risco de morte

Enquanto que Jovino foi atingido no abdômen e região intestinal, o disparo que atingiu Wendell acertou-lhe as costelas sem encostar em qualquer órgão vital

O promotor Wendell Beethoven e o procurador-geral da Justiça adjunto, Jovino Pereira, que foram baleados mais cedo por um servidor do Ministério Público do Rio Grande do Norte, foram submetidos a cirurgias no Hospital Walfredo Gurgel e não correm risco de morte. Após serem estabilizados, os dois serão transferidos para outras unidades de saúde.

Enquanto que Jovino foi atingido no abdômen e região intestinal, o disparo que atingiu Wendell acertou-lhe as costelas sem encostar em qualquer órgão vital; ele não precisou de sedação total, diferentemente de seu colega procurador. Os dois, todavia, passam bem e aguardam alta hospitalar.

Agora RN
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário