_________________________________________________________________

_________________________________________________________________

85º Homicídio em Mossoró 2017: Cadeirante é baleado no Centro e Morre no Hospital Tarcísio Maia

No início da tarde desta terça feira 25 de abril de 2017 a cidade de Mossoró no Oeste do Rio Grande do Norte, registrou mais uma morte violenta provocada por disparos de arma de fogo. 

O crime aconteceu na Rua Melo Franco nas proximidades do Tiro de Guerra no centro da cidade.O cadeirante Pedro Gomes Monteiro, "Irmão Pedro" de 41 anos de idade, natural de Mossoró, evangélico foi alvejado com vários tiros de pistola calibre 9mm. 

Segundo informações colhidas pela Polícia Militar o cadeirante estava vendendo livros quando foi surpreendido por dois indivíduos em uma moto que chegaram e efetuaram os disparos. 

Irmão Pedro, como era mais conhecido ainda foi socorrido pelo Samu para o Hospital Regional Tarcísio Maia mas não resistiu e morreu ao dar entrada naquela unidade hospitalar. 

Leia também: 

Cadeirante é vitima de tentativa de homicídio em Mossoró

Até o momento não há informações oficiais sobre a motivação do crime, bem como seus executores. Informações não confirmadas pela policia dão conta de que nos anos 90 Pedro Gomes teria sido preso suspeito de envolvimento no tráfico de drogas e que o mesmo teria ficado paraplégico por causa de uma troca de tiros com a polícia. 

No Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, não há registros de antecedentes criminais contra a vítima. O cadeirante era bastante conhecido em Mossoró e costumava vender livros evangélicos no semáforo da Avenida Alberto Maranhão com Augusto Severo no centro da cidade

Pedro Gomes Monteiro foi a 85° vítima da violência letal intencional em Mossoró neste ano de 2017. O caso vai ser investigado pela DHPP.

Fim da linha
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário