Irmão de delegada é assassinado em Neópolis e polícia acredita em latrocínio

Ele teria sido vítima de um trio, Na tentativa de escapar, Magnus Vinícius Pinheiro colidiu o carro de forma violenta contra o muro de um condomínio, próximo à loja Alpargatas


A Polícia Civil, através da DHPP, já iniciou as investigações sobre o homicídio do irmão da delegada Rossana Roberta Pinheiro, ocorrido na noite desta terça-feira, em Neópolis. Magnus Vinícius Pinheiro de Souza, de 55 anos, teria sido vítima de um latrocínio, por volta das 19h, em Neópolis.

Segundo testemunhas, a vítima estava sendo seguida por um trio, quando, de repente, foi abordada nas imediações da antiga loja das Alpargatas. Uma mulher (assaltante) teria entrado em seu carro (HB20 de cor branca), ele, quando percebeu a chegada de mais dois bandidos, tentou se livrar, arrancando o carro contra o muro de um condomínio. O veículo chegou a capotar por duas vezes.

Segundo um dos moradores, os bandidos ainda entraram no carro e roubara pertences pessoais da vítima, que estaria desacordada. A polícia acredita que os bandidos queriam o veículo. Em seguida, o grupo teria fugido a pé.

Na ocasião, segundo o delegado Silvio Fernando, que também esteve no local, a vítima foi alvejada com um tiro nas costas, que transfixou o coração. O irmão da delegada foi a óbito ainda no veículo destroçado em via pública. O ITEP já encaminhou o cadáver à sede do Instituto. Praticamente, toda a equipe do DHPP, foi deslocada até o local.
Agora RN

Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

1 comentários:

Clique aqui para comentários
Anônimo
Administrador
3 de maio de 2017 19:52 ×

Aposto que esses meliantes assassinos são todos egressos do sistema prisional, liberados pela "justiça" para continuarem roubando e matando pais de família. Brasil, terra de leis pró-bandidagem - sem castigo rigoroso, a tendência é aumentar cada vez mais a violência e a insegurança das pessoas decentes de Natal....

Anônimo
Responder
avatar
Obrigado pelo seu comentário