_________________________________________________________________

_________________________________________________________________

XILIQUE: Bancada potiguar não ‘segura’ Lindbergh e sessão da reforma trabalhista é suspensa

Senadores potiguares Garibaldi Alves, Fátima Bezerra e José Agripino tentaram, sem êxito, apaziguar os 'brigões'

 Aos gritos, senador petista partiu para cima do relator e do presidente da Comissão de Assuntos Econômicos

Por Redação

Diante da derrota de todas as estratégias regimentais para barrar o avanço da reforma trabalhista, o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) resolveu transformar o plenário da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) em palco de baixaria para tentar evitar a leitura do parecer do senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES) nesta terça-feira. Aos berros e com o dedo em riste, o petista partiu para cima do relator quando ele ia iniciar a apresentação do relatório. O senador Fernando Bezerra (PSB-PE) teve de segurar Lindbergh. “Não vai ler, não vai ler”, gritava o parlamentar, fazendo movimentos frenéticos com os braços.


Na sequência, o petista estendeu a cena para a tribuna da comissão. “Quem acaba aqui sou eu. Não pode ser no grito”, respondeu Tasso Jereissati (PSDB-CE), presidente do colegiado. Lindbergh, acompanhado de outros parlamentares da oposição, continuou com a confusão até a sessão ser suspensa por tempo indeterminado. “Eu não vou ser agredido dessa maneira aqui”, lamentou Jereissati. Ricardo Ferraço classificou o episódio como primitivo. “O que nós assistimos aqui foram gestos grotescos, toscos, de quem não está acostumado com o debate e, não tendo argumento, parte para a violência”, disse o relator.


Fonte: Veja
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário