128ª Morte violenta em Mossoró em 2017: Ex presidiário é morto a tiros e pedradas dentro de casa no Riacho Grande


Mais uma morte violenta foi registrada no final da noite de quinta-feira, 29 de junho, no município de Mossoró no Rio Grande do Norte.

José Roberto Dias de Araújo, “Boró” de 34 anos de idade, foi morto com disparos de arma de fogo e pedradas, dentro de casa no Sitio Riacho Grande, zona rural de Mossoró.

Os criminosos invadiram o quartinho, onde “Boró” dormia, na casa da mãe dele e o mataram, com a utilização de uma pedra e pelo menos disparos de duas armas de fogo.

A equipe de perícia criminal encontrou, balins “chumbo” e fragmentos de munições de outra arma de fogo e uma pedra grande ao lado do corpo.

Segundo o perito Jader Viana, além dos tiros os criminosos usaram também a pedra.

Segundo informações, os elementos chegaram pela frente da casa. Enquanto uns tentavam quebrar a janela que dar para a rua, outros pularam o muro pela parte de trás da casa e quebraram a porta de madeira dos fundos do quartinho.

Boró já cumpriu pena por roubo e assalto, mas segundo familiares ele estava em liberdade. A polícia recebeu informações que os elementos estavam em pelo menos duas motocicletas grandes e teria fugido em direção a cidade de Mossoró.

Depois dos procedimentos realizados pelas equipes da Delegacia de Plantão e do Itep, o corpo de José Roberto Dias de Araújo foi removido e será necropsiado na base da Unidade Regional do Itep em Mossoró.

O Câmera
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

1 comentários:

Clique aqui para comentários
Anônimo
Administrador
2 de julho de 2017 12:29 ×

Caro colega Azevedo gostaria que você postasse algumas matéria sobre a saúde do comandante da companhia de Lucrécia,aqui ninguém sabe o estado de saúde do msm .
E seu blog é muito acessado .
Por favor faça isto.

Anônimo
Responder
avatar
Obrigado pelo seu comentário