_________________________________________________________________

_________________________________________________________________

“Meu governo deixará um legado na segurança”, afirma Robinson Faria

Governador afirma que está “fazendo tudo o que está ao seu alcance”, elenca investimentos realizados e diz que violência é devido à crise nacional

Robinson Faria, governador do RN

O governador Robinson Faria (PSD) afirmou que está executando “tudo o que está ao seu alcance” na gestão da segurança pública no Rio Grande do Norte. Em entrevista ao Portal Agora RN/Agora Jornal, o chefe do Executivo estadual contou que as críticas formuladas ao seu governo nesta área não lhe incomodam. “Haverá críticas a vida inteira, porque segurança nunca vai ser 100%, mas eu estou fazendo tudo o que está ao meu alcance”, diz.

Ao elencar alguns dos investimentos efetuados pelo governo na área de segurança, Robinson destaca a promoção de agentes. “Fui o governador que mais promovi policiais militares. De 8.500, já promovi 6.500. Fiz em dois anos o que não fizeram em vinte”, assinala. “Além disso, estou investindo em tecnologia, equipando o Ciosp, e comprando automóveis para botar polícia na rua”, complementa.

Robinson frisa ainda que o atual governo trabalha na elaboração de um concurso para contratação de agentes da Polícia Civil. De acordo com o governador, serão 3 mil novos policiais admitidos. Somado a isso, o chefe do Executivo estadual menciona a expansão do “Ronda Cidadã”, projeto aproxima a polícia das comunidades e tem o foco voltado para o acolhimento, a inclusão social e a cidadania. “A Ronda será expandida. Levamos para Mossoró e lá está sendo um sucesso. Queremos levar também para Parnamirim, Caicó e Macaíba”, planeja.

Além das medidas apresentadas acima, o governador registra a construção de novas unidades prisionais, com o foco de reduzir a superlotação nos presídios do estado. Uma delas é a Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta, onde 26 detentos morreram após uma violenta rebelião em janeiro. Parcialmente destruída no confronto entre os internos, a prisão teve um dos pavilhões reconstruído e reinaugurado. “Estou recuperando Alcaçuz e fazendo dois novos presídios [em Afonso Bezerra], com padrão moderno, de segurança máxima. Uma coisa está ligada à outra”, afirma o governador.

Apesar dos investimentos destacados por Robinson, o Rio Grande do Norte já registrou, apenas em 2017, mais de 1,1 mil mortes, segundo levantamento do Observatório da Violência Letal Intencional (Obvio), que contabiliza crimes violentos no estado. O governador credita a onda de violência à crise nacional no setor de segurança. “A crise é nacional. As facções enriqueceram com o tráfico [de drogas] e o armamento e perderam o medo do Estado. Elas desafiaram o Estado e estamos em uma guerra civil”, lamenta.

Porém, o governador diz estar “fazendo o dever de casa”. “O governo que mais teve políticas públicas para a segurança foi o meu. As críticas até me desafiam, mas eu tenho a consciência aberta. Depois dos quatro anos do meu mandato, virá o julgamento e o povo verá que o meu governo deixou um legado na segurança”, resume.

GOVERNO TEMER

O governador afirmou que a crise política e econômica brasileira afetam o Rio Grande do Norte por gerar “insegurança e pessimismo”. Entretanto, ele conta que a relação com o governo federal tem sido “muito boa”.

“Fechamos um convênio com o presidente Michel Temer na área da saúde que trará R$ 150 milhões. Será importante para o custeio de UTIs e realização de cirurgias eletivas. Também construiremos o hospital da Polícia Militar e uma central de diagnósticos. Vou fazer ainda o Hospital da Mulher em Mossoró, que vai ser uma redenção para atender toda a região Oeste. Isso vai mudar o perfil da saúde. Vou deixar mais esse legado”, assinala.

ELEIÇÕES 2018

Questionado sobre a possibilidade de se candidatar a reeleição em 2018, Robinson declarou que não está “preocupado” com isso. “Eu não durmo e acordo pensando nisso. Durmo e acordo é pensando em cumprir a minha missão, de ser o governador da justiça social. Estamos entregando 20 restaurantes populares e ações de microcrédito. Isso é o que me realiza. Minha preocupação é cumprir a minha palavra”, finalizou.

Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário