_________________________________________________________________

_________________________________________________________________

138ª Morte violenta em Mossoró em 2017: Morreu no Tarcísio Maia a segunda vitima dos disparos no Santo Antonio

João Maria de Figueiredo de 45 anos foi a 138ª Morte violenta em Mossoró em 2017.


Morreu no Hospital Regional Tarcísio Maia em Mossoró, a segunda vitima baleada no bairro Santo Antônio, no inicio da noite de segunda feira, 17 de julho. João Maria de Figueiredo de 45 anos de idade foi atingido nas costas com disparo, foi socorrido e operado no Hospital Regional Tarcísio Maia, mas morreu no final da noite.

Histórico da Ocorrência:

Três pessoas “pai, filho e amigo” foram baleadas no inicio da noite de hoje, 17 de julho, numa ocorrência de disparos de arma de fogo no bairro Santo Antônio em Mossoró, no Rio Grande do Norte.

José Alves da Silva, de 49 anos de idade, morreu no local. Seu filho, Isac Lemos Alves de 19 anos foi baleado e para escapar se refugiou dentro de uma casa e se fingiu de morto.

A policia recebeu informações que o alvo dos criminosos seria Isac. O pai foi baleado ao tentar proteger o filho, que tem passagem por envolvimento com trafico de drogas no bairro.

Segundo informações, quatro elementos em duas motocicletas teriam chegado com o proposito de matar José Alves e seu filho, Isac, que estavam na calçada da casa de um amigo. Quando perceberam a presença dos criminosos eles correram, mas foram alcançados na Rua Melo Franco no bairro Santo Antônio.

José Alves foi baleado e morreu no local. Isac foi baleado, mas conseguiu escapar e foi socorrido para o Tarcísio Maia.

Na mesma ocorrência, João Maria de Figueiredo de 45 anos de idade foi atingido nas costas com disparo e segundo informações, vai ser preciso passar por procedimento cirúrgico no Hospital Regional Tarcísio Maia para onde foi socorrido.

O Câmera
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário