145º Homicídio em Mossoró em 2017: Corpo de taxista desaparecido há três dias é encontrado as margens da BR 405 em Jucuri

Everaldo foi sequestrado dia 27 e encontrado morto neste domingo próximo ao Jucuri

A cidade de Mossoró, na região Oeste do Rio Grande do Norte,registra neste domingo, 30 de julho de 2017, mais uma morte violenta, um latrocínio (roubo seguido de morte) na cidade. 

O taxista Everaldo que estava desaparecido desde o último dia 27 em Mossoró, foi encontrado morto, nesta manhã as margens da BR 405 a 500 metros da comunidade de Jucurí na zona rural de Mossoró. 

O corpo já em avançado estado de putrefação, foi encontrado pelo Grupo Tático Operacional (GTO), após prender o principal suspeito do crime. 

Cristiano Washington Moreira Costa foi preso em uma residência, onde estava o carro da vítima, na Avenida Alberto Maranhão, no bairro Barrocas, juntamente com outras duas pessoas e após conversar com os policiais, resolveu confessar o crime e mostrar o local onde estava o corpo. 

De acordo com o perito criminal do ITEP, Dr. Otávio Domingos, o taxista foi morto no local com cutiladas de faca peixeira há cerca de três três dias. Foram visualizadas perfurações de arma branca nas regiões do pescoço, tórax e abdômem. 

A vítima foi encontrada no local só de cueca e camisa. A calça foi localizada a cinco metros do corpo. A perícia acredita que o assassino teve ajuda de outro criminoso para matar a vítima. 

O corpo de Everaldo foi removido pela equipe do ITEP para a sede do órgão onde será necropsiado e depois liberado para sepultamento. 

Três suspeitos do crime estão presos, mas segundo o Dr. Evandro dos Santos, delegado de plantão,o caso ainda não está encerrado,pois há possibilidade de haver mais gente envolvida no latrocício e a Delegacia de Furtos e Roubos, vai dar andamento nas investigações. 

Everaldo Zuza foi a 145ª vítima da Conduta Violenta Letal Intencional registrada em Mossoró neste ano de 2017.

Fim da linha
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário