_________________________________________________________________

_________________________________________________________________

Polícia investiga organização criminosa por roubos a carros-fortes no RN

Investigações apontam que metralhadora encontrada pode ser a mesma que foi usada no caso dos carros-fortes roubados nas cidades de Assú e Apodi

A Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) investiga uma organização criminosa que pode ser composta por integrantes de vários estados do nordeste e inclusive é apontada como responsável por diversos roubos à carros-fortes no estado do Rio Grande do Norte. A Deicor solicitou apoio à Polícia Rodoviária Federal (PRF) e ao Comando de Polícia Rodoviário Estadual (CPRE) para que possam realizar procedimentos de barreira em todo o estado, para averiguação de veículos suspeitos com o objetivo de prender os integrantes da organização criminosa e apreender as suas armas.

Durante a ação marginal, que aconteceu na noite da terça-feira (11) na cidade de São Pedro, os criminosos usaram um veículo Fiat Toro de cor branca e um veículo Toyota SW4 que foi encontrada na manhã da quarta-feira (12) abandonada próximo ao local do roubo. Também foram encontrados cartuchos deflagrados de arma modelo AK-47 e de metralhadora calibre .50. Dentro do veículo Toyota SW4 os policiais encontraram manchas de sangue e uma estrutura de ferro que foi usada como suporte para apoio da metralhadora .50 e de fuzis.

As investigações apontam que a arma metralhadora .50 pode ser a mesma que foi usada no caso dos carros-fortes roubados nas cidades de Assú e Apodi. Segundo os delegados da Deicor é necessário que seja estabelecido um protocolo para ser posto em prática pelas forças de segurança do estado todas as vezes que ações marginais de roubos a carros-fortes e a caixas eletrônicos aconteça.

Agora RN
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário