_________________________________________________________________

_________________________________________________________________

Unidos para o trafico: Casal é preso pelas policias de Assú e Angicos

Cláudio Coelho da Silva, 31 anos e sua companheira, Débora da Silva Medeiros de 21 estão na cadeia por ordem da Justiça de Assu


Uma ação integrada das Policias Civil, Militar e Ministério Público, terminou com a prisão de um casal acusado de tráfico de drogas e associação para o tráfico. As equipes das Delegacias de Assú e Angicos, comandadas pelos Delegados Cidorgeton e Rafael Alves, cumpriram mandados de prisão e de busca e apreensão.
Imagem
Unidos para o trafico: Casal é preso pelas policias de Assú e Angicos
Cláudio Coelho da Silva de 31 anos de idade, residente na Rua dos Caboclinhos, em Natal e sua companheira, Débora da Silva Medeiros, “Debinha” de 32 anos, foram presos por força de mandados da Justiça. Claudio tem mandado de prisão por roubo, em Nísia Floresta e em Natal, além de mandado de prisão, na Comarca de Assú. Com o casal a polícia encontrou certa quantidade de cocaína. Segundo informações, Claudio e Debinha, pertencem a facção criminosa Sindicato do RN e foram presos em flagrante.

No mês de março passado, Claudio foi detido na BR 304, com cerca de 200 gramas de Crack e na Delegacia, ele se apresentou como “Claudio Mendes de Almeida”. Por falta de condições dos órgãos de segurança e do sistema prisional do Estado, Claudio Coelho da Silva, não foi apresentado na Audiência de Custodia da Comarca de Angicos e, mesmo não tendo apresentando nenhum documento de identificação, e tendo 02 mandados de prisão em aberto, foi posto em liberdade.

O juízo criminal de Assú, ciente dos fatos, decretou a preventiva de Claudio Coelho da Silva, prisão essa cumprida, com sucesso, nesta oportunidade.

O Câmera
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário