8º Homicídio em Martins em 2017: Foragido da Justiça é morto no sítio Nogueira

Por volta das 14:15, os policiais Militares da cidade de Martins, receberam uma denúncia anonima via telefone, dando conta de um tiroteio na entrada do sitio Nogueira, mais precisamente onde funcionou o balneário e bar de Lázaro. 

A guarnição se deslocou de imediato e acionou as cidades mais próximas sobre o possível tiroteio, e quando chegaram no local encontraram a pessoa de Antonio Elton da Silva, conhecido por "Eltinho" já sem vida no alpendre do balneário. 

Até o momento a Polícia Militar não tem conhecimento da autoria do crime, e nem se existia mais elementos na companhia da vítima. no local foi encontrado uma espingarda calibre 20, que possivelmente era usada por Eltinho na pratica de crimes, e uma carteira de bolso com os documentos de António de Guaraná, o qual possivelmente se encontrava na companhia de Eltinho, e conseguiu fugir dos agressores. Roupas e máscaras de carnaval também estavam no local. A polícia fez o isolamento até a chegada do itep. 

a
O elemento conhecido por Antonio Marcos das Chagas, vulgo "Antonio de Guaraná", que os documentos foram encontrados no prédio do bar, era comparsa de Eltinho, "Ele é um elemento altamente perigoso, no passado vivia de arrombamentos de residências e prédios públicos na cidade de Martins, mas ao conhecer Eltinho, passou a modalidade de assaltos e outros crimes", Disse um PM.

Vários blogues da região noticiaram que houve um confronto entre bandidos e a Polícia Militar, mas nada disso procede, pois se tivesse mesmo acontecido o confronto, a vítima teria sido socorrida para um dos hospitais mais próximos do local. "Quando chegamos no balneário Eltinho já estava morto e logo em seguida chegaram outras viaturas das cidades vizinhas" Relatou um PM. 

Segundo informações da Polícia Militar, um pescador foi atingido por um disparo na perna, e após ser socorrido para o hospital de Alexandria, falou que viu vários homens chegarem encapuzados e já atirando em Eltinho, e ele também foi atingido. 

Histórico de um criminoso:

Não fazia muito tempo que Eltinho havia ingressado no crime, tudo deve ter começado quando ele fez sua iniciação no mundo das drogas. Filho de pais honestos e trabalhadores, Eltinho abandonou seu lar e logo já se houvia falar dele envolvido com o tráfico, principalmente com elementos da cidade de Umarizal. Eltinho, que teve sua curta carreira encerrada ontem, era suspeito de vários outros crimes, como homicídios, tentativas de homicídios e Roubos. 

No ano de 2016 ele foi o protagonista de vários crimes noticiados aqui neste espaço, RELEMBRE: Clicando AQUI (MARTINS-RN: Brigas entre usuários de drogas estão tirando o sossego dos martinenses) Clicando AQUI: (MARTINS-RN: Eltinho tentou contra a vida de Bruno Pimenta mais uma vez, a segunda vez em quatro dias); Clicando AQUI: (MARTINS: Policiais Civis e Militares cumprem Mandado de Prisão contra Eltinho da umarizeira); Clicando AQUI: (MARTINS-RN: Elemento furta motocicleta e em poucos minutos é preso pela PM); 

Em 2017 Eltinho foi indiciado pelo Delegado de Polícia Civil, Bel. Cristiano Zadrozny, pelo homicídio de Adriano Antonio Alves, Veja clicando AQUI: (Polícia Civil de Martins indicia elemento por homicídio ocorrido no dia 07 de fevereiro deste ano); Adriano era funcionário da Ótica Vida e radialista de uma Rádio FM na cidade de Viçosa, mas que também era envolvido no mundo do crime. 

Espingarda calibre 20 e duas máscaras foram encontrados no interior do prédio do bar
Eltinho foi morto no alpendre do Bar, no açude do Sítio Nogueira, município de Martins.
Mais informações a qualquer momento...

Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

1 comentários:

Clique aqui para comentários
Anônimo
Administrador
22 de agosto de 2017 11:21 ×

esses tipos de crimes nao era pra o povo ficar assustado nao era pra ficar aliviado proque é um criminoso a menos, o certo era pra se falar de violencia somente assaltaos e latrocinios mais esses tipos de homicidios sao um alivio ao cidadao de bem que fica indefeso em sua sem poder ter uma arma si quer para defender sua familia e seus bens, quem erclama de um crime dessa natureza perde o direito de reclamar quando tiver seu carro ou moto roubada ja que , quando a policia mata em comfronto os direitos humanos (direitos dos criminosos) uso execivoda força e pra completar os policiais sao presos ou afastados do cargo, isso e uma vergonha, que mais criminosos encontren seu destino como esse encontrou, podia ta plantando uma vszante de macaxeira no sitio mais tava roubando um povo que ja nao tem muito e o pais faz questao de tirar mais ainda

Anônimo
Responder
avatar
Obrigado pelo seu comentário