PF apreende R$ 122 mil e pertences em luxuoso apartamento de Vaccarezza

Ex-deputado foi preso na manhã desta sexta-feira, 18, em nova fase da Operação Lava Jato, acusado de receber propina em troca de contratos na Petrobrás

A Polícia Federal apreendeu no apartamento de ex-deputado Cândido Vaccarezza (SP) R$ 122 mil em dinheiro vivo, além de relógios das marcas Rolex, Bvlgari e Cartier e nove quadros que ainda serão avaliados. Também foram apreendidos três HDs externos, computadores e agendas. Os quadros não foram levados pelos policiais. O ex-deputado ficará como fiel depositário deles.

Vaccarezza foi preso na manhã desta sexta-feira, 18, em nova fase da Operação Lava Jato. Ele é acusado de receber propina em troca de contratos na Petrobrás. O mandado é de prisão temporária, quando há prazo de cinco dias para que ele seja solto, prorrogáveis por igual período. As acusações contra o ex-deputado, segundo investigadores, são robustas. A investigação foi tocada pela Polícia Federal.
O ex-deputado foi levado para a superintendência da PF em Curitiba. Segundo investigadores, o apartamento do ex-deputado no bairro da Mooca, em São Paulo, é bem luxuoso.


Agência Estado
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário