Umarizalenses são presos por praticarem roubo na loja Maré Mansa na serra de São Miguel


Um assalto ocorrido por volta das 15:30 da última segunda feira, na loja Maré Mansa, na cidade de São Miguel, no Rio Grande do Norte, que vinha sendo investigado pela polícia, acabou com a prisão de pelo menos dois dos três envolvidos.

Criminosos ocupantes de um veículo Onix com placa de Umarizal chegaram na loja naquela tarde, anunciaram o assalto e fugiram levando sacolas com dezenas de celulares e tablets. O Sargento Negreiros de São Miguel, através de imagens de câmeras, conseguiu descobrir os delinquentes que tiveram prisões preventivas decretadas.

Logo que soube que os assaltantes eram de Umarizal, o Sargento Negreiros entrou em contato com os policiais de Umarizal, e esses na manhã de ontem (terça-feira), com o apoio do GTO de Patu, fizeram a prisão de Alexandre dos Santos, de 27 anos, e de Francisco Jeferson da Silva Souza, também com 27 anos de idade. Alexandre, que é um velho conhecido da polícia, e já puxou cadeia em vários presídios, usou para fazer o assalto, o carro em nome de sua sogra. 

As armas utilizadas no assalto bem como os celulares e tablets já haviam sido desfeitos. Teriam sido comercializados em Mossoró. Com Alexandre (camisa preta), a polícia encontrou 102 reais e com Francisco Jeferson, (camisa rosa), 640 reais.

A dupla foi conduzida a delegacia de polícia de São Miguel para procedimento de praxe e já se encontra no Centro de Detenção Provisória de Pau dos Ferros. De acordo com o sargento Negreiros, uma mulher que já foi identificada também teria participado do assalto a loja. Ela seria a motorista do Onix. O roubo dos celulares e tablets tería deixado um prejuízo a loja de cerca de 18 mil reais.
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

1 comentários:

Clique aqui para comentários
Anônimo
Administrador
10 de agosto de 2017 23:14 ×

Se estivessem presos desde a primeira vez, não teriam roubado novamente. daqui uns dias estão soltos roubando de novo. essas pragas tinham que morrer para dar sossego a população.

Anônimo
Responder
avatar
Obrigado pelo seu comentário