_________________________________________________________________

_________________________________________________________________

PM e criminosos voltam a trocar tiros na região Oeste potiguar; um morre

Tiroteio aconteceu na zona rural de Campo Grande na manhã desta segunda (4) e é o segundo em menos de 24 horas, na região. Polícia persegue quadrilha.


Um homem morreu durante troca de tiros com a Polícia Militar no final da manhã desta segunda-feira (4), na altura do sítio Grossos, no município de Campo Grande, região Oeste potiguar. Equipes ainda estão na região, em busca de outros suspeitos que fugiram. Uma espingarda calíbre 12 foi apreendida na ação.

A polícia acredita que o grupo que participou do tiroteio na manhã desta segunda (4) é o mesmo que entrou em confronto com policiais da Paraíba e do Rio Grande do Norte na tarde deste domingo (3), na mema região. Na ocasião, quatro morreram e um policial ficou ferido.

A quadrilha seria responsável por assaltos na Paraíba. As informações foram confirmadas pelo major Inácio Brilhante, que participa das buscas. De acordo com ele, o suspeito foi socorrido ao Hospital de Campo Grande, mas já chegou à unidade sem vida.

Terceiro confronto

Foto: Whatsapp
O confronto ocorrido nesta segunda-feira (4) foi o terceiro envolvendo policiais e assaltantes de banco desde a última sexta-feira (1º). Neste domingo (3) aconteceu um tiroteio em uma fazenda entre as cidades de Campo Grande e Janduís, na região Oeste potiguar, após perseguição a uma quadrilha suspeita de explodir caixas eletrônicos em Brejo do Cruz, no sertão da Paraíba. Quatro suspeitos morreram.

Um PM da Paraíba ficou ferido durante a troca de tiros, mas foi socorrido e passa bem. Pelo menos outros quatro suspeitos conseguiram fugir.

Foram apreendidos três fuzis, entre eles um AK-47 (arma russa que foi fabricada na segunda guerra mundial), três espingardas calibre 12, duas pistolas e vários explosivos, além de sete coletes à prova de balas e dois carros.

Nas primeiras horas da manhã da sexta-feira, dia 1º, agentes da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) enfrentaram uma quadrilha suspeita de explodir caixas eletrônicos. A troca de tiros foi dentro de um condomínio residencial em Parnamirim, na Grande Natal. Na ocasião, três homens e uma mulher morreram. Armas de grosso calibre, munições e artefatos explosivos foram apreendidos.

G1/RN
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário