203° Homicídio em Mossoró 2017: Jovem baleado no Abolição morre no Hospital Tarcísio Maia

Um ataque a tiros, ocorrido na noite desta segunda feira 06 de novembro de 2017, na Rua Francisco das Chagas, por trás do Restaurante Candidus, no Conjunto Abolição I em Mossoró/RN deixou um saldo de uma morta e outra ferida. 

Samuel Max de Paiva de 18 anos, que segundo informações era evangélico foi atingido com tiros na cabeça. Ele ainda chegou a ser socorrido pelo Samu, para o Hospital Regional Tarcísio Maia, mas não resistiu e morreu ao dar entrada naquela unidade hospitalar. 

Outra pessoa identificada como Alison Junior Rodrigues Félix 23 anos foi baleado nas pernas e socorrido pela Gurda Civil, para o HRTM. 

A Polícia Militar foi acionada para o local, mas ninguem quis dar informações sobre o ocorrido. Ainda não há informações sobre a motivação do atentado e quem seria o alvo dos atiradores. 

O corpo de Samuel Max vai ser removido do necrotério do HRTM para a sede do ITEP onde será necropsiado e depois liberado para sepultamento. 

Com a morte do jovem Samuel, sobre para 203 o número de pessoas assassinadas em Mossoró, neste ano de 2017. em cinco dias já são oito homicídios na cidade. A DHPP vai investigar mais um caso de assassinato em Mossoró.

Fim da linha
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário