_________________________________________________________________

_________________________________________________________________

“Fátima, o PT e a ideologia deles são responsáveis por afundar o RN”, reforça jurista

Jurista expôs que órgãos fiscalizadores da União que agem no RN, possuíam, entre 2002 e 2014, representantes indicados pela senadora que impediam o desenvolvimento do estado

Gustavo Negreiros culpou a senadora Fátima Bezerra (PT) pela deficiência no desenvolvimento empresarial no RN

O jurista e jornalista Gustavo Negreiros reforçou sua posição de que a senadora Fátima Bezerra, o Partido dos Trabalhadores e a ideologia seguida por eles, são os responsáveis “por afundar o Rio Grande do Norte”. No último domingo 12, Negreiros foi às redes sociais para apresentar estudo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, que demonstrou que, de 2002 a 2014 (época em que o Brasil foi governado pelo PT), o Rio Grande do Norte foi o pior estado do Nordeste no tocante ao desenvolvimento econômico-industrial.

Para justificar seu ponto de vista, Negreiros expôs que órgãos fiscalizadores da União que agem no Rio Grande do Norte, possuíam, nesta época, representantes indicados pela senadora Fátima Bezerra – a quem ele identifica como “comando mais poderoso do PT no estado potiguar”. Como exemplo, o jurista citou o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), que – assim como outras instituições – teriam dificultando a ação de empresários para fomentarem a economia no estado naquele período.

Leia mais:

“O Ibama mesmo foi a Mossoró, multaram inúmeras salinas. O diretório do Ibama, indicado pela senadora Fátima Bezerra, foi à imprensa para sugerir a implosão dos hotéis da Via Costeira. Imagina o que seria de Natal e do turismo do Rio Grande do Norte se esses hotéis, que agregam valor à cidade, fossem destruídos? O que seria dos empregos e da economia do estado? São vários órgãos, como o Patrimônio da União e o MPU, que estavam em uma crescente para afugentar o investidor do estado. Pode ser que eles não gostem disso, mas a realidade é a que se viu. Empresários, salineiros de Mossoró, gestores de empresas de camarão – esse pessoal todo está sofrendo absurdamente com isso”, opinou Negreiros.

No dados divulgados pelo IBGE, o Rio Grande do Norte aparece atrás de todos os estados do Nordeste como propulsores de economia e indústria. Na visão de Gustavo Negreiros, isso é justificado pela falta de segurança jurídica que cercam os empresários, que acabam tendo medo de empreender no estado. “Na hora em que você não oferece segurança jurídica; na hora em que tudo passa a ser crime ambiental, e que as licenças são negadas ou dificultadas, isso afugenta quem quer investir, então acaba sendo muito melhor ir para a Paraíba, Ceará e Pernambuco, que vão crescendo – e isso foi mostrado no estudo do IBGE”.

Para o jurista, o governo do PT quebrou a economia brasileira durante o período em que Lula e Dilma Rousseff presidiam. Em outro viés, o fato do PT estar no governo, facilitou a inserção de pessoas em órgãos fiscalizadores, como o Ibama, que tinham “os empresários como bandidos”. “A primeira culpa é pelo desastre na economia do governo federal administrado pelo PT, que levou à quebradeira no Brasil e a milhões de desempregados, culminando no impeachment de Dilma. A segunda culpa é colocar no comando de órgãos essenciais da União gente que não tem perfil técnico, mas ideológico e partidário. Tem gente que acha que quem desenvolve a economia são a União, Estado e os Municípios – mas não, quem faz isso são as empresas”, disse.

Em conclusão, Gustavo Negreiros apontou que Fátima se mostrou contra o desenvolvimento do Rio Grande do Norte no momento em que permitiu que seus “indicados” expusessem ideologias que, em sua visão, atrapalhariam empresários e empreendedores no estado. “Havia uma hostilidade nos órgãos reguladores da União que ela comandava, então não se pode culpar apenas uma pessoa por um problema deste tamanho, mas que ela é a grande responsável, é, assim como o partido e a ideologia dela. Se ela tivesse se desfiliado do PT, mostraria que não concorda com isso, mas, no momento em que o indicado dela vai no jornal sugerir implodir a Via Costeira, e ela não retira essa pessoa do órgão, mostra que concorda – Fátima contribuiu decididamente para isso”, encerrou.

Agora RN
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário