_________________________________________________________________

_________________________________________________________________

Apram cobra melhores condições de trabalho para PM’s que atuam no sistema prisional do estado


Há tempos o Cabo Tony Fernandes, presidente da Associação de Praças da Polícia Militar de Mossoró e Região (APRAM), vem denunciando as péssimas condições de trabalho a que estão submetidos policiais militares que atuam na Penitenciária Mário Negócio, Cadeia Pública de Mossoró, Cadeia Pública de Caraúbas, Presídio de Pau dos Ferros e demais unidades do Rio Grande do Norte.

A informação verificada pelo dirigente é que, além destes profissionais estarem em desvio de função, ainda são compelidos a cumprirem jornadas de prontidão excessivas nas guaritas com turnos de descanso reduzidos, afrontando a condição humana do trabalhador e o próprio regulamento interno que prevê que um militar não permaneça mais que 2 horas consecutivas no posto de sentinela.

Diante de toda essa problemática, ontem, o dirigente procurou pessoalmente o Coronel Arcanjo (Comandante do Policiamento do Interior) e, nesta quinta (14), já manteve contato com o Coronel Osmar (Comandante Geral da PMRN) aos quais levou essa preocupação e pediu providências no sentido de resolver tão grave situação que afeta a categoria.

O dirigente afirma que existia a promessa do governo para que os Agentes Penitenciários recém formados ocupassem a função de guarda muralhas nessas unidades, culminando com a devolução dos PMs para suas atividades operacionais. Entretanto, ao que indica, as coisas não estão caminhando para que isso ocorra, fazendo com que a associação busque medidas junto às autoridades constituídas.

Nos próximos dias a entidade vai interpelar o Ministério Público, a Secretaria da Segurança Pública e o Governo do Estado para que resolva a situação das péssimas condições de trabalho impostas aos PMs, retirando-os dali ou dando condições básicas enquanto trabalhadores. “Se a permanência dos PMs na função for algo irreversível neste momento, que garantam pelo menos o direito ao justo descanso e vantagens às quais fazem jus todos os servidores que ali operam”, declarou Tony.

Assessoria de Comunicação APRAM
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário